Obras do ‘Nosso Centro’ recebem visita técnica para ações de trânsito

Prefeitura prepara inauguração do Mirante Lúcio Almeida

Será um passo importante na recuperação do Centro de Manaus

Alessandra Luppo para o ÚNICO

Com mais de 95% das obras concluídas pela Prefeitura de Manaus, a primeira etapa do “Nosso Centro” recebeu, neste sábado (24), visita técnica de equipes do Instituto Municipal de Planejamento Urbano, do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana, da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus e do sistema Zona Azul.

Transito e estacionamento

A reunião teve como foco a organização e o ordenamento do sistema viário, de trânsito, tráfego e estacionamento no complexo e entorno. As obras do programa municipal, que estão promovendo a reabilitação do importante território da capital, tem projeto arquitetônico do Implurb e recursos investidos do Tesouro municipal.

Segundo o diretor-presidente do Implurb, Carlos Valente, a reunião dá sequência às tratativas e ações para a futura inauguração do mirante Lúcia Almeida, casarão Thiago de Mello e largo de São Vicente.

“Tratamos da questão dos estacionamentos para o funcionamento e operações do complexo, reunindo o IMMU, a agência reguladora e a empresa responsável pelo Zona Azul, para definir parâmetros, conceitos e necessidades, além de prestar serviço para os futuros visitantes, com tranquilidade e segurança, inclusive com reforço da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semseg) e Guarda Municipal. A gente tem mais ou menos 140 vagas de estacionamento neste perímetro”, comentou Valente.

Praça está sendo adptada

A área da praça Dom Pedro II está passando por readequação para poder receber ônibus e micro-ônibus de turismo. “Estas tratativas são indutoras de todo o procedimento e na próxima semana vamos detalhar projeto, ocupação, pintura de sinalização e uma série de detalhes executivos para que no dia da inauguração esteja tudo a contento”, falou o diretor-presidente.

Sinalizações viárias verticais e horizontais devem ser executadas e instaladas na primeira quinzena de março, segundo previsão do IMMU.
Conforme o diretor do Departamento de Sinalização Viária do IMMU, José Eduardo Siqueira, as áreas de trânsito serão no sentido da rua Bernardo Ramos saindo pela 7 de Setembro e também pela rua Vivaldo Lima saindo para a 7 de Setembro. No largo haverá passagem apenas de pedestres.

“Essas ruas terão o Zona Azul para facilitar o estacionamento a quem for até o mirante Lúcia Almeida e entorno. E no mirante vamos ter as vagas para PcDs e idosos com exclusividade, bem na frente do edifício. E todo o perímetro, desde a praça Dom Pedro II, terá estacionamento e sinalização de acordo”, afirmou.

Píer turístico

Além das três obras, uma quarta completa o complexo, um inédito píer turístico. Assim, a prefeitura estará atendendo a população e o trade turístico, proporcionando uma estrutura única com segurança, comodidade e área adequada para receber os operadores de passeios turísticos. “O prefeito David Almeida tem muito orgulho de estar aportando recursos nesta grande mudança sobre a importância do centro de Manaus”, completou o diretor-presidente do Implurb.

Desapropriação de imóveis

O programa de reabilitação da prefeitura fez a desapropriação de seis imóveis que estavam abandonados no local, mantendo a ambiência do entorno. O antigo prédio, que funcionou como sede da extinta Companhia Energética do Amazonas (Ceam), será o primeiro espaço público vertical da cidade, dentro da revitalização do Centro.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *