fbpx
28 de maio de 2022
O tempo é a coisa mais importante que você tem!

Coluna:

Por: Maria Ritah

Maria Ritah é atleta ultramaratonista, apresentadora e produtora do programa Conexão Gaia, da radio Logos FM 87.9. Contato comercial 92-991021957

O tempo é a coisa mais importante que você tem!

WhatsApp Image 2021-10-31 at 17.10.25_Easy-Resize.com

Por Maria Ritah

Alguém duvida disso?

O tempo é uma medida estranha e muito pessoal. Vou dar um exemplo: quer saber o valor de um ano? Pergunte a um estudante que foi reprovado, e vai ter de repetir o ano. Ah, pergunte também para uma pessoa que precisa ir de ônibus ao trabalho e acabou perdendo a condução por ter chegado um minuto atrasado.


Este um minuto pode lhe custar o emprego.
Ah… quer saber o valor de segundos? Pergunte a uma pessoa que escapou de um acidente de trânsito.


Não, espera!
Pergunte para mim quando estou usando bicicleta e um carro passa de fininho e, por segundos, respiro aliviada por não ter sido jogada na sarjeta.


O tempo para aquele motorista em termos de velocidade não foi nada, mas para mim, os segundos se tornaram uma eternidade, por todo o estresse.
Mas tudo bem! Sigamos… no tempo.
Os físicos dizem que o tempo é relativo, outros, os quânticos, dizem que ele não existe.

Os filósofos contam que tudo depende do tempo que se tem e que o tempo é vida.
Os economistas dizem que tempo é dinheiro. Os “good vibes” (eu me acho aqui) dizem que tempo não é dinheiro. É a unidade de medida mais valiosa que existe no mundo.

Há também os que dizem que o tempo não compra felicidade, que é o dinheiro quem faz isso.
Você então vende seu precioso tempo para trabalhar para alguém, a pessoa paga seu serviço, você recebe seu dinheiro e compra o que lhe traz felicidade, que pode ser uma roupa bacana, um carro zero, uma bicicleta da hora ou uma casa.
Mas também pode ser belo jantar num lugar chic com alguém especial…

Assim você vai vendendo seu tempo para ganhar o dinheiro e com isso comprar suas coisas que podem te trazer felicidade por um tempo impreciso, até você querer mais tempo para viver e curtir toda essa felicidade.

Até ficar sem tempo para viver tudo isso.

Que louco, né?

É um ciclo que não termina nunca. Tempo/Dinheiro/Felicidade.
Então que tal fazer as pazes com o tempo?

Penso que o meu maior erro é achar que eu tenho todo tempo do mundo, porque considero que o tempo é de graça. Ele não tem preço. Eu não sou dona do tempo, mas daí eu tenho vantagem, isso porque posso usar meu tempo da melhor maneira e investir em situações que agreguem valor.

Fiquei pensando nisso quando vi um guru indiano perguntar para seu “ashrams” (comunidade), o que você faria se todos os dias fossem depositados em sua conta bancária 86.400, sendo que tem de gastar tudo em 24 horas, para poder receber de novo este valor.

Sobre receber todo dia esta quantia e gastar, foi fácil responder. Mas, quando o guru mencionou que todos os dias recebemos na conta bancária da vida 86.400 segundos, e como você gasta esse seu tempo, a resposta foi o silêncio.

Caro amigo leitor, esta pergunta pula na minha cabeça como o coelho da cartola do mágico, e você?
Como você gasta os 86.400 segundos que recebe na conta da sua vida?

Comenta aí… o que você faz do seu tempo?

É de graça.

Maria Ritah*

É atleta ultramaratonista, apresentadora e produtora do programa Conexão Gaia, da radio Logos FM 87.9. No canal do YouTube, conta em vídeos curtos, suas histórias. Contato comercial 092 991021957. E-Mail [email protected]

Qual sua Opinião?

Confira Também