PRIMEIRA MÃO

Estado pede socorro para pagar 13º Salário

Wilson lima em Brasília

A iniciativa do Governo do Amazonas de pedir autorização da Assembleia Legislativa para usar R$ 300 milhões da Afeam a fim de pagar uma parcela do 13º Salário do funcionalismo em novembro, revela que após 10 meses da posse, Wilson Lima foi incapaz de equilibrar as contas do Estado. Não cortou despesas o suficiente para reduzir o custeio e continua desrespeitando a Lei de Responsabilidade Fiscal ao gastar 51,1% da receita líquida com a folha de pessoal quando o máximo permitido é de 49%.

✅ Riscos para o governador

Mantendo esse quadro neste último quadrimestre, Wilson vai ter suas contas reprovadas e terá complicações que podem levar inclusive a um pedido de impeachment. Essa é a segunda vez em menos de cinco meses que o Governo pede socorro à Aleam para cobrir buraco nas finanças. A primeira foi para usar recursos do FTI e pagar dívidas na área da saúde.

✅ Gestão temerária

O deputado Serafim Correa (PSB), autor da idéia de usar os recursos da Afeam para apagar o incêndio com o funcionalismo, disse que se o governo não tomasse essa medida, o servidor tomaria um calote porque o Estado não tem dinheiro. Serafim criticou o governador por fazer uma gestão financeira temerária, com gastos supérfluos e descontrole das despesas. ”Falta experiência para o governador, falta gestão”, concluiu Serafim.

✅ “A proposta é um escárnio”

“Essa proposta é um assalto, é um escárnio com a população. É a absoluta falta de gestão. Estão esvaziando os cofres da Afeam. Este governo perdeu toda capacidade gerencial”, definiu o deputado Wilker Barreto (Podemos). O deputado afirma que para conseguir esse valor ,bastaria o Governo reduzir os valores dos contratos com os fornecedores em 10%, que teria uma economia de R$ 400 milhões.

✅ Aprovação é certa

O vice-líder do Governo, deputado Álvaro Campelo (Progressistas) festejou a decisão do governo e disse que a proposta será aprovada com o voto de ampla maioria dos deputados.

✅ Carijó vai à Câmara

O secretário municipal Extraordinário de Articulação Política, Luiz Alberto Carijó, e o procurador-geral do Município, Rafael Albuquerque, estarão nesta quarta-feira (9), às 10h, no plenário Adriano Jorge, na sede da Câmara Municipal de Manaus , para dar explicações sobre uso de carro e servidor da prefeitura por familiares do chefe do Executivo.

✅ Reforma Tributária

Durante agenda em Brasília, na manhã de terça-feira (8), o titular da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), Coronel Alfredo Menezes, se encontrou com o relator da Reforma Tributária, deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), que confirmou ao superintendente da Suframa, Alfredo Menezes, vinda à Manaus, ainda este mês para tratar sobre Reforma. “

✅ Felix Valois

Felix Valois, o maior advogado criminalista do Estado, e Diego Gonçalves, foram contratados para reforçar a defesa de Alejandro Valeiko no caso do assassinato do engenheiro Flávio Rodrigues. Agora, Alejandro contará quatro advogados: Félix Valois, Diego Gonçalves, Marco Aurélio Choy e Yuri Dantas.

✅ Simpósio Internacional

O TCE realiza nos dias 18 e 19 de outubro o 2º Simpósio Internacional Sobre Gestão Ambiental e Controle de Contas Públicas. O evento será no Centro de Convenções Vasco Vasques, e contará com a participação de mais de 15 universidades públicas e particulares do Amazonas, além de instituições do exterior. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no sigam.tce.am.gov.br.

⚠ LINHA DIRETA

🚨 A Câmara Municipal de Manaus deliberou o projeto de lei 258/2019, que pretende destinar 2% das vagas de bolsa de estudo do Programa Bolsa Universidade, para negros, pardos e indígenas. O projeto está na Comissão de Constituição, Justiça e Redação.

🚨 A Assembleia Legislativa vai entregar nesta quarta-feira (9) brinquedos, alimentos e eletrodomésticos a 16 instituições filantrópicas amazonenses, como parte do Programa Assembleia Viva, iniciativa mantida por funcionários da Casa que mensalmente descontam de forma voluntária, doações a partir de R$ 10 em seus salários.


Compartilhe >
Facebook
Twitter
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *