Novo limite de financiamento de imóveis pela Caixa Econômica Federal

Valor do “Minha Casa, Minha Vida”, faixa 3, teve aumento de 32,58%

As novas medidas entram em vigor no dia 7 de julho

A Caixa Econômica Federal (CEF) vai financiar imóveis de até R$ 350 mil pelo programa habitacional “Minha Casa, Minha Vida”. Operações pelo Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) serão válidas em todo território nacional. As medidas anunciadas pelo Conselho Curador do FGTS começam a valer a partir de 7 de julho.

Faixa 3 é mais alta

A novidade é a possibilidade de financiamentos de imóveis de até R$ 350 mil, para famílias da faixa 3, com renda de até R$ 8 mil. Antes, o valor máximo para essa faixa era de R$ 264 mil. O aumento foi de 32,58%

Oportunidades

Para o presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Amazonas (Sinduscon-AM), Frank Souza, a notícia abre um leque de oportunidades para as construtoras que lidam com essa faixa. “Poucas empresas constroem por meio do MCMV no Amazonas. Mas, isso dá oportunidades para as empresas terem um produto melhor de preço, financiado pela Caixa. Esse valor vem para melhorar a produção do mercado imobiliário uma vez que houve muitas majorações de preços de insumos”, disse Frank.

Clientes e construtoras ganham

O presidente do Sinduscon lembra que um dos fatores que influencia no valor final dos produtos é o custo dos terrenos. “Com essa correção, as empresas poderão adquirir terrenos em locais com melhor infraestrutura (próximos a escolas, hospitais, comércios), mais próximos dos centros urbanos, uma vez que terrenos nessas áreas são mais caros. Os clientes ganham por terem imóveis localizados em regiões valorizadas”, prospectou Frank Souza.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *