fbpx

Nova publicação se debruça sobre os bois de Parintins

O livro se propõe a ter uma leitura crítica dos bumbás

O trabalho foi contemplado com prêmio pela Lei Aldir Branc

O livro “Os Bois-Bumbás de Parintins: novos olhares” será lançado em breve pelos professores e pesquisadores Diego Omar, Elizandra Garcia e Ericky Nakanome. A obra, publicada pelas editoras Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e Autografia, do Rio de Janeiro, foi contemplada pelo Prêmio Encontro das Artes da Lei Aldir Blanc da Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo e da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Amazonas.
Organizado pelos professores Diego Omar, Elizandra Garcia e Ericky Nakanome, o livro possui cerca de 280 páginas, com abordagens diversas de pesquisadores do tema, como Wilson Nogueira, Andreas Valentin, Allan Rodrigues, João Gustavo Melo, Márcio Braz, Irian Butel, Ricardo José Barbieri, Fabiano Baraúna e Deilson Trindade, entre outros. O livro é fruto do empenho e teve a colaboração da equipe do Centro de Documentação e Memória (CEDEM) da Associação Cultural Boi-Bumbá Caprichoso.

Estudo reúne vários pesquisadores

De acordo com Diego Omar, o livro traz de volta a temática do Boi-Bumbá para a academia, com a reunião de quase 30 pesquisadores de várias gerações que têm se dedicado a esse objeto de estudo, tanto em nível de mestrado quanto em seus doutorados. Eles partem de diversas perspectivas, pontos de vista disciplinares e teóricos-metodológicos. “A ideia é de celebrar essa diversidade de interpretações do Boi e colocar todo mundo para conversar, para dialogar, nessa coletânea, oferecendo, assim, aos mais jovens, também, oportunidades de se aproximar do boi como campo de estudos”, frisa.

“Os Bois-Bumbás de Parintins: novos olhares” apresenta um viés crítico, característico das leituras que partem da universidade. “É um exercício de fazer ciência, a partir de um elemento que é muito rico na formação cultural e identitária local”. O livro “está sendo impresso no Rio de Janeiro e daqui alguns dias vamos receber em Parintins. Aí faremos o lançamento”, declara Diego Omar.

A coletânea integra a coleção Bumbás de Parintins: nosso patrimônio e a imagem de capa é o desenho do cartaz oficial do 23º Festival Folclórico de Parintins, de autoria do artista Evanil Maciel.

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.