fbpx

Nem todos os caminhos levam a Parintins; políticos tradicionais escolhem outras opções

Prefeita de Figueiredo vira as costas para os professores em greve no município

Juízes do Trabalho se reúnem para discutir sobre o trabalho indígena

Lula fala em defesa da Zona Franca, da Amazônia e dos indígenas

Emendas de deputado vão permitir reforma de 17 Centro de Assistência Social em Manaus

Tem Feira de Artes à beira do rio neste final de semana

A incrível história do fugitivo que se envolveu no crime contra Bruno e Dom e foi parar em São Paulo

Zona Franca tem o maior aglomerado de produção de tampas de latinhas do mundo

Empresas investem alto na produção de pneus para atender o polo de duas rodas

Por Claudio Barboza e Solange Elias, com editorias do Único

Ausências de Parintins

Ao contrário de anos anteriores, a presença de políticos no Festival de Parintins em 2022 não será unanimidade. Alguns vão permanecer em Manaus e outros seguem em campanha pelo interior. Os pré-candidatos ao Senado, por exemplo, Arthur Neto (PSDB) e Omar Aziz (PSD) não vão estar na ilha. O mesmo acontece com os pré-candidatos ao governo Amazonino Mendes (Cidadania) e Eduardo Braga (MDB). Quem confirmou presença na festa foi o governador Wilson Lima (UB) e o prefeito de Manaus, David Almeida (Avante). A pré-candidata ao governo pelo PDT, Carol Braz, já desembarcou em Parintins, ao lado do pré-candidato do PDT ao Senado, Luiz Castro.


Porto reaberto

Falando em Parintins, o porto do município já foi reaberto e o embarque e desembarque de passageiros autorizados. Só não ficou claro qual foi, afinal, o motivo do fechamento do terminal. E, mais intrigante ainda, como e quando o problema foi consertado para a reabertura do porto?


Greve na Educação em Figueiredo

A tensão entre a prefeita Patrícia Lopes (MDB) e os professores de Presidente Figueiredo, só aumenta. Lopes – que supostamente ainda está de férias no parque de diversões Beto Carreiro – só negocia através de suas redes sociais e site da prefeitura, publicando notas e argumentos, mas não apareceu para conversar pessoalmente até ontem. Por seu lado, os professores entraram em greve, invadiram a prefeitura e não aceitaram o reajuste de 10% oferecido. Os mestres querem 20,8% de reajuste e propuseram, pelo menos, o pagamento escalonado desse reajuste. Mas o impasse não foi encerrado.


Trabalho indígena

Ainda em Presidente Figueiredo, a Escola Judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região (Amazonas e Roraima) realiza na manhã desta sexta-feira (24), no auditório da Prefeitura, o 1º Seminário Regional do Trabalho Indígena. Vão participar: magistrados, servidores e comunitários. Até hoje a lei sobre trabalho indígena não foi regulamentada nos termos da Constituição Federal de 88.

Lula fala ao Amazonas

O pré-candidato à Presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva, agitou a política do Amazonas, ontem, anunciando o fechamento de parceria com o senador Omar Aziz (PSD-AM),declarando defesa à Zona Franca de Manaus e assegurando que vai promover a demarcação de terras indígenas na Amazônia. Lula disse também que está buscando uma brecha em sua agenda para visitar Manaus, no mês de julho.

Emendas para reformas

O deputado federal Marcelo Ramos (PSD-AM) comemorou ontem a assinatura – junto com o prefeito David Almeida – da ordem de serviço para a reforma de 17 Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e um Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), em Manaus. Ramos foi o autor das emendas que destinaram R$ 5 milhões para a Prefeitura de Manaus realizar esse serviço.

Feira de Artes neste final de semana

Neste sábado (25) e domingo (26), acontecerá a 1ª Mostra de Cultura e Economia Criativa, na Comunidade do Livramento. Participam do evento o artista plástico Zeca Nazaré e empreendedores culturais da comunidade, que vão disponibilizar produtos para vendas. A Comunidade do Livramento é perto de Manaus e para chegar ao local a opção é pegar uma embarcação fluvial na Marina do Davi. O preço do trecho é de R$ 12 reais.

No lugar errado

Quanto mais informações aparecem a respeito da participação de Gabriel Dantas no assassinato do indigenista Bruno Araújo e do jornaista Dom Phillps, mais parece que ele é um sujeito extremamente azarado. Dantas disse que fugiu de Manaus para Atalaia do Norte porque, por ser usuário de drogas, estava sendo ameaçado de morte por uma facção criminosa a quem devia. Foi para o Vale do Javari e, com menos de duas semanas no local, conheceu “Pelado” e aceitou um “passeio” com ele na lancha, sem saber que era uma emboscada a Bruno e Dom. Acabou assistindo o assassinato – contou que o calibre da arma era uma 16 e que Dom morreu primeiro – teve que se envolver e, depois, fugiu de volta para Manaus, foi parar em Belém do Pará, desceu para o Mato Grosso e, de lá, chegou a São Paulo. A polícia considera a versão de Dantas “verossímel” e tenta colocá-lo na cena do crime.

Banquinhos indígenas

E Curitiba o Museu Oscar Niemeyer (MON) acaba de inaugurar a exposição “Bancos Indígenas do Brasil” que, evidentemente, exibe dezenas de modelos de bancos confeccionados por indígenas do Acre, Amazonas, Maranhão, Pará, Roraima e Tocantins – e do Território Indígena do Xingu, em Mato Grosso. Apesar de parecer vinculado ao crime do Vale do Javari, é apenas coincidência, uma vez que a exposição foi programada muito antes.

Tampinhas de ouro

A Associação Brasileira de Produtores de Lata de Alumínio (Abralatas) divulgou ontem que o parque fabril de Manaus já faz parte do maior aglomerado de produção de tampas de latinhas de alumínio do mundo. Hoje, a Zona Franca tem a Ball Corporation, líder no mercado de latas no país, a também americana Crown Embalagens e o grupo irlandês Ardag, por meio da controlada AMP e agora a CanPack, fabricante polonesa de latas de alumínio para bebidas, vai investir R$ 250 milhões na construção de uma fábrica de tampas para as latinhas em Manaus.

Pneus em destaque

Destaque na reunião desta quinta-feira do Conselho Administrativo da Suframa, foi a implantação das empresas Comércio e Indústria de Pneus Amazônia Ltda, para produção de pneus para bicicletas e motocicletas, com investimentos projetados de aproximadamente R$ 361 milhões e pe Norpolim Nordeste Polímeros Indústria e Comércio de Termoplásticos Ltda, para produção de resinas modificadas e artigos de matéria plástica, com investimentos projetados de R$ 50,2 milhões e expectativa de geração de 79 empregos. Vale lembrar que polo de duas rodas cresce cada vez mais e que, as novas gerações de bicicletas e motos elétricas vão precisar de produtos específicos.

SIGA O PORTAL ÚNICO:
https://portalunico.com/

Facebook:
Facebook.com/portalunico.com

Instagram:
https://instagram.com/portalunico?utm_medium=copy_link

Twitter:
https://twitter.com/PortalUnico?t=5LAn7TYhr43mFX0LTFQ2wA&s=09

FALE COM A GENTE

Solange Elias (EDITORA)
(92) 99105-7388

Guilherme Martins (TI/COMERCIAL)
(92) 99167-0515

CEO: Claudio Barboza
(92) 99116-1777

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.