Na reabertura da Câmara, David destaca metas para Manaus

Prefeito entrega Mensagem Governamental aos vereadores

Ele descartou debate político antecipado

Na abertura dos trabalhos legislativos na Câmara Municipal de Manaus, na manhã desta terça-feira (6), o prefeito de Manaus, David Almeida, entregou a Mensagem Governamental destacando as várias obras executadas durante sua gestão listando a revitalização de unidades de saúde, escolas, mercados e feiras e centros de assistência social, construção de complexos viários, renovação da frota de ônibus, recuperação de ruas e geração de emprego e renda.

Compromisso

Para este ano, o prefeito reafirmou seu compromisso em continuar com as obras em ritmo acelerado, em todas as áreas, com o apoio dos servidores municipais e mantendo parcerias para Manaus seguir mais desenvolvida, mais humana e com mais oportunidades para a sua população.

Discurso

“Fico feliz em ser prefeito desta cidade. Tivemos três anos desta gestão. Porém, no primeiro ano, em 2021, o mundo parou, mas nós não paramos e saímos para salvar vidas e aplicamos mais de 3 milhões de doses de vacinas de Covid-19. É bom ser prefeito de uma cidade que foi reconhecida como a que mais investe em saúde e educação, segundo a Frente Nacional de Prefeitas e Prefeitos. A nossa grande obra é cuidar das pessoas, ir onde as pessoas estão. É fazer política pública para o pipoqueiro, com o barbeiro. Melhorar a qualidade de vida das pessoas”, declarou o prefeito David Almeida, no início do seu discurso, em plenário.

Campanha eleitoral

Em seu discurso aos vereadores, David também falou do período de pré-campanha eleitoral, afirmando que não é hora de entrar em “debate político” e que sua meta é “apenas cuidar das pessoas”

Ele lembrou que na semana passada deixou de comparecer à Assembleia Legislativa na abertura do ano legislativo, e aproveitou para pedir desculpas ao presidente, Roberto Cidade, que considerou sua ausência uma “falta de respeito”.

“A reclamação do presidente da Assembleia é pertinente, é justificada. Mas eu não fui porque choveu tanto na cidade de Manaus e tínhamos várias ocorrências. Eu estava atrás das pessoas que tiveram suas casas destelhadas e achei que seria possível a minha ausência naquele momento. Eu, aqui, peço desculpas”, disse ele, acrescentando que “a reclamação é justa e pertinente. Porém, o prefeito estava na rua, porque eu sou um prefeito de rua, eu não sou de gabinete”.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *