fbpx

Museu da Amazônia reabre ‘Casa das Serpentes’ para visitação

Serpentário conta com três famílias de cobras para observação

O espaço funciona diariamente (exceto nas quartas-feiras) das 8h30 às 17h

O Museu da Amazônia (Musa), reabre, nesta sexta-feira (5), a ‘Casa das Serpentes’ para visitação. O espaço, que estava fechado para manutenção, reúne mais de dez espécimes de serpentes vivas. Com cerca de 100 hectares (1 km2), o Musa fica localizado dentro da Reserva Florestal Adolpho Ducke e conta com diversas exposições, além de uma torre de 42 metros que permite que os visitantes tenham uma vista inesquecível acima da copa das árvores.

Espécies

O local conta com três famílias de cobras, são elas: Viperidae, Boidae, e a espécie Papa-pinto que pertence à família Colubridae. Os visitantes podem acompanhar como é feita a alimentação, acasalamento, predação das serpentes e a coleta de parasitas para pesquisa.

Cobra jiboia arco-íris, também em exposição no Museu da Amazônia

Trabalho e pesquisa

O museu também realiza um trabalho de educação ambiental para os visitantes. O objetivo é mantê-las em observação para acompanhar seu comportamento e desenvolvimento.

Funcionamento

O espaço funciona diariamente (exceto nas quartas-feiras), das 8h30 às 17h (o acesso é encerrado às 16h). Para ter acesso local não é necessário agendamento, apenas efetuar o pagamento no valor de R$ 30. Para quem tiver interesse em fazer uma visita com trilha guiada é necessário fazer o agendamento pelo e-mail [email protected]

Meia-entrada e gratuidade

Estudantes, manauenses, moradores de Manaus, idosos a partir de 60 anos, doadores de sangue e acompanhante de pessoa com deficiência pagam meia-entrada, para isso é necessária apresentação da comprovação. Crianças até cinco anos e pessoas com deficiência não pagam.

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.