fbpx

Mulheres marcam presença na corrida pela cadeira de Wilson Lima

Além de Carol Braz, que é a candidata do PDT ao governo do Amazonas, outras duas mulheres surgem no cenário majoritário. Uma é a enfermeira Anne Karolyne Moura, moradora da Zona Leste e secretária nacional de Mulheres do PT, escolhida para ser a vice de Eduardo Braga (MDB).

Ex-governador José Melo está fora da disputa eleitoral de 2022

Mudança na direção do PROS coloca o partido nas mãos de Henrique Oliveira

Amazonino confirma presença no debate da TV Band

Maior laboratório da floresta amazônica está prestes a ser inaugurado

Insegurança toma conta do Vale do Javari, dizem indígenas

Ação em defesa da Zona Franca está pronta para ir para o Supremo Tribunal

Sabadão da Saúde abre 49 unidades de saúde hoje em Manaus

Vacinação contra a Covid-19 tem 12 pontos neste sábado

Varíola dos macacos chega a 3 casos confirmados e mais 3 suspeitos

Presença das mulheres

Além de Carol Braz, que é a candidata do PDT ao governo do Amazonas, outras duas mulheres surgem no cenário majoritário. Uma é a enfermeira Anne Karolyne Moura, moradora da Zona Leste e secretária nacional de Mulheres do PT, escolhida para ser a vice de Eduardo Braga (MDB). A outra é a professora Cristiane Balieiro, do PSB, lançada como vice de Ricardo Nicolau (Solidariedade). As três surgem em um momento, em que a participação da mulher está aumentando em todos os segmentos. Representam sangue novo na corrida eleitoral, mas só o desenrolar das campanhas vai mostrar se conseguiram convencer o eleitorado.

Partido tira José Melo da eleição

A presidência nacional do PROS (Partido Republicano da Ordem Social) voltou às mãos de Eurípedes Júnior e esta mudança, que aconteceu em função de decisão judicial, afasta a possibilidade de o ex-governador José Melo ser candidato a deputado estadual. As relações entre Eurípedes e Melo há muito azedaram de vez.

PROS decide apoiar Henrique Oliveira

Com a volta de Eurípedes Júnior ao comando do PROS, o partido decidiu apoiar a candidatura de Henrique Oliveira ao governo do Amazonas, que desta maneira, passa a ser o candidato de Podemos e PROS. Henrique tem ótima relação com Eurípedes e foi um dos fundadores do PROS no Amazonas, em 2003. O PROS tem 41 deputados federais e um senador e se define como um partido conservador com 498 mil filiados no Brasil.

Debate na Televisão

O candidato ao governo Amazonino Mendes (PSDB-Cidadania) confirmou que vai participar do debate da TV Band, no domingo (7). Outros candidatos como Ricardo Nicolau (Solidariedade-PSB), Carol Braz (PDT), Henrique Oliveira (Podemos-Pros) confirmaram presença. O PSOL também disse que vai participar, mas não se sabe ainda com qual candidato. Wilson Lima (União Brasil-Avante) e Eduardo Braga (MDB-PT) não confirmaram se vão ao debate. Nair Blair (Agir) não foi convidada porque seu partido não tem representatividade no Congresso Nacional.

Pará vai largar na frente de novo

Está prevista para o fim deste ano a inauguração de um megaprojeto de bioeconomia… no Pará. O Museu de Ciência da Amazônia (Muca) será um laboratório de ciência avançada da floresta amazônica, instalado em
Belterra, ali perto de Alter do Chão, na calha do rio Tapajós. A ideia é pesquisar produtos da floresta para formulação de cosméticos a vacinas, passando por alimentos e insumos.

CBA é chamado de “antimodelo”

Na reportagem do jornal Valor Econômico, o criador e diretor do Muca, o empreendedor de bioeconomia Luiz Felipe Moura, diz que a única coisa que o museu não quer é “ser um novo CBA”, o Centro de Biotecnologia da Amazônia. Inaugurado em Manaus há 20 anos, o CBA é visto por Moura como “antimodelo”, uma vez que nunca interagiu com o conhecimento tradicional. Confere?

Clima tenso no Javari

O líder indígena Paulo Marubo, presidente da União Indígena do Vale do Javari (Univaja) e o advogado Eliésio Marubo, assessor jurídico, estão denunciando que o clima de insegurança na região só piora, dois meses depois da morte de Bruno Pereira e Dom Phillips. Garimpeiros e traficantes estão constantemente ameaçando a população original, sob a segurança da falta de efetivos de segurança na região.

Ação em favor da ZFM

Já está confirmada a primeira ação da bancada do Amazonas no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o novo decreto do IPI baixado pelo presidente Jair Bolsonaro. A ação vai argumentar que o Decreto tenta burlar decisão do ministro Alexandre de Moraes, já que, mesmo retirando da lista a maioria dos produtos fabricados na Zona Franca de Manaus, ainda ficaram setores essenciais como o das bicicletas e motos elétricas, o de lavadoras de louças e o concentrados de refrigerantes que simplesmente pode deixar de existir na ZFM.

Saúde no sábado

A Prefeitura de Manaus realiza o primeiro “Sabadão da Saúde”, hoje (6), com oferta de consultas e exames para pessoas com confirmação ou suspeita de diabetes e de hipertensão, vacinação infantil, consultas de pré-natal para mulheres desde o primeiro mês de gestação e coleta de exame preventivo do câncer de colo do útero para o público feminino, de 25 a 64 anos. Serão abertas 49 unidades de saúde da rede municipal, das 8h às 16h, sem necessidade de agendamento.

Vacinação hoje

A população manauara que, ao longo da semana não teve tempo para se vacinar contra a Covid-19, pode procurar neste sábado (6) um dos 12 pontos de vacinação. Dez atenderão o público das 8h às 16h e dois nas Unidades de Saúde da Família Doutor José Rayol dos Santos, na zona Sul, e Leonor Brilhante, na zona Leste, funcionarão das 8h às 12h. Confira os endereços no site da Semsa.

Varíola se espalha

Aos poucos, os casos de varíola dos macacos no Amazonas estão se espalhando. Não é pessimismo, é constatação. Desde o surgimento do primeiro caso, no mês passado, já foram confirmados três casos e outros três já estão sob suspeita. De acordo com a FVS-RCP todos os suspeitos estiveram viajando, ou seja, não pegaram a doença em Manaus.

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.