PRIMEIRA MÃO

Mudanças no secretariado do prefeito David

Prefeito David Almeida e secretários: prefeito analisa mudanças (Foto: Semcom)

Desembargadora tenta colocar ordem no Atlético Rio Negro Clube

O silêncio conivente com o maior preço de gasolina praticado pelo Grupo Atem

Água de Parintins coloca em risco saúde da população

Sidney Leite manda recado amazônico na COP 28 em Dubai

Wilson Lima corre atrás de R$ 1 bilhão na COP28

Liceu Cláudio Santoro apresenta “O Quebra Nozes”, no Teatro Amazonas

Por Claudio Barboza e Solange Elias, com editorias do Único

Mudanças na prefeitura

O prefeito David Almeida anda debruçado sobre nomes que podem entrar e sair do governo municipal, na virada do ano. David busca encontrar um meio termo para manter o ritmo que considera satisfatório na administração municipal e, ao mesmo tempo, trabalhar com a expectativa de ter pessoas de sua confiança que caiam em campo em busca de votos com candidaturas à Câmara Municipal.

A lupa do prefeito

Nesse cenário, David Almeida precisa mesmo de uma lupa, para que as possíveis mudanças tragam os resultados que ele almeja. E encontrar entre seus próprios secretários alguns com possibilidades de êxito na eleição para vereador não é uma tarefa fácil.

Justiça decide sobre disputa no Rio Negro

A desembargadora Maria do Perpétuo Socorro Guedes Moura, concedeu liminar no plantão do domingo (3), determinando que um associado do Atlético Rio Negro Clube seja nomeado interventor da agremiação, para que no prazo de 90 dias convoque eleições. Dois grupos estão em guerra pelo comando do tradicional clube amazonense.

Sede do Atlético Rio Negro Clube, no centro histórico de Manaus* (Foto: reprodução)

O silêncio aprova os preços praticados pelo Grupo Atem

Segundo o Observatório Social do Petróleo, com base em informações da Agência Nacional do Petróleo, da Petrobras e da Ream (Refinaria comprada há um ano pelo Grupo Atem), de que os preços praticados justamente pelo Grupo Atem na Região Norte do país, são os mais altos do Brasil, não motivou nenhum setor político ou empresarial do Amazonas. Há um silêncio conivente com os altos preços.

O ranking dos preços praticados pela Atem

O consumidor do Acre paga o litro mais caro de gasolina, R$ 6,75 seguido pelo Amazonas R$ 6,52.

Riscos em Parintins

Há riscos reais para a população de Parintins, que utiliza água fornecida pela empresa da prefeitura SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto). Relatórios da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas e Cosama informaram que 22 dos 26 poços que fornecem água à população estão contaminados com amônia, manganês, ferro, nitrato, alumínio e coliformes fecais.

Sidney Leite cobra dos ricos

O deputado federal Sidney Leite disse ser urgente que o discurso dos países ricos, seja transformado em ações reais em atenção aos povos da Amazônia. Sidney, que é o relator da Comissão Mista de Mudanças Climáticas da Câmara Federal, está em Dubai, participando da COP 28.

Créditos de carbono

O governador Wilson Lima, também em Dubai, quer arrecadar pelo menos 1 bilhão de reais com a venda de créditos de carbono. Ele disse isso durante o lançamento de um novo projeto que prevê “desmatamento zero” até 2030.

Wilson Lima lança programa de desmatamento zero na COP28 (Foto: Secom)

O Quebra Nozes

Nesta segunda-feira (4) alunos do Liceu Cláudio Santoro vão apresentar o ballet O Quebra Nozes, no Teatro Amazonas, a partir das 20h. A história foi adaptada para a Amazônia e o boneco quebra-nozes acaba viajando pelos rios da região. A entrada é gratuita e classificação livre.

FALE CONOSCO

Solange Elias (EDITORA)
(92) 99105-7388

Guilherme Martins (TI/COMERCIAL)
(92) 98638-5707

CEO: Claudio Barboza
(92) 99116-1777


Compartilhe >
Facebook
Twitter
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *