Moradora de Belém grava ameaça de “flanelinha”

Ela se recusa a pagar para estacionar em espaço público

Manaus vive o mesmo problema

Um vídeo gravado em Belém (PA) está viralizando nas redes sociais e mostra uma mulher discutindo com um flanelinha do centro da cidade que quer obrigá-la a pagar o valor que ele estabeleceu para estacionar no local.

A mulher que grava diz que o flanelinha a “marcou” e que ela foi ameaçada (de riscos, depredação ou outros).

Veja o vídeo da moradora de Belém:

Em Manaus, é proibido

Em Manaus, a atuação desses guardadores de carro é proibida desde o ano de 2014, quando a Câmara Municipal, aprovou uma lei que derrubava outra mais antiga que permitia a atuação de flanelinhas.

Dez anos depois, a prática continua, do mesmo jeito e com abordagens agressivas, preços irreais e até ameaças ao patrimônio (veículo) do condutor.

“Em dias de evento, por exemplo, eles cobram entre R$ 30 e R$ 50 para vigiar o carro em espaço público. Se ainda fosse privado”, comentou o deputado estadual Rozenha, que foi vereador de Manaus na época da proibição.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *