Ministro do STF diz que golpistas queriam enforcá-lo em praça pública

Alexandre de Moraes diz que havia 3 planos contra ele

Invasão e depredação em Brasília completa um ano dia 8

Brasília (ÚNICO) – O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes afirmou que um dos planos dos envolvidos no 8 de Janeiro era prendê-lo e enforcá-lo na Praça dos Três Poderes, em Brasília.

Segundo Moraes, as investigações mostram que esse era 1 de 3 planos contra ele.

Os planos contra o ministro

O primeiro plano era sua prisão por meio das Forças Especiais do Exército. No segundo, “se livrariam do corpo no meio do caminho para Goiânia”, afirmou, dizendo que era planejado um homicídio. E o terceiro era o enforcamento.

A declaração foi dada pelo ministro ao jornal O Globo, publicada nesta 5ª feira.

Brasília reforça policiamento

Mais de 2 mil policiais militares vão reforçar o efetivo de segurança de Brasília na próxima segunda-feira, 8 de janeiro, quando se completa um ano dos atos golpistas.

O número de policiais é quase quatro vezes superior ao do último dia 8 de janeiro de 2023.

A estratégia para a segurança da Esplanada foi pactuada nesta quinta-feira (8) pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) e pelo Governo do Distrito Federal (GDF).


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *