Ministério Público denuncia dois por contrabando de ouro

Os dois foram presos em Manaus, depois de um tiroteio

Valor da carga do mineral apreendido e de R$ 25 mihões

O piloto de avião Benildo Rodrigues, de 26 anos, e o empresário Lucas de Oliveira Cruz, foram oficialmente denunciados pelo Ministério Público Federal do Amazonas, por “crime contra a União” (contrabando de ouro). Ambos foram presos em Manaus, no dia 9 de dezembro, quando foram flagrados com 47 quilos de ouro ilegal.

Na denúncia, o MPF pede ainda que seja fixada uma multa de R$ 500 mil em reparação por dano moral e que Oliveira seja inabilitado para dirigir carros e Benildo para pilotar aeronaves.

Para entender o caso

Segundo a denúncia, no dia 9 de dezembro, Benildo Rodrigues pilotou uma aeronave Cessna – não se sabe de onde ela partiu – até o Aeroclube de Manaus, com 47 quilos de ouro em barra.

Lá, já o esperava Lucas de Oliveira, que era dono do avião. Os dois descarregaram o avião e levavam o ouro para outro local, quando foram perseguidos na Avenida das Torres.

Tiros e fuga

Os perseguidores atiraram contra o veículo carregado de ouro e, mesmo feridos levemente, Benildo e Lucas conseguiram se esconder em uma loja. A Polícia Militar foi chamada e encontrou os contrabandistas do ouro, prendendo-os em flagrante.

As investigações ainda prosseguem, para identificar quem atirou na dupla, como eles souberam do carregamento e, principalmente, de onde veio o ouro, avaliado em 15 milhões de reais.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *