PRIMEIRA MÃO

Ministério dos Transportes diz que BR-319 está pronta para a pavimentação

Votação da reforma tributária na Câmara dos Deputados, na noite de quarta-feira (Foto: Agência Câmara)

Bancada federal do Amazonas vota contra a Reforma Tributária

Setor da indústria pode perder competitividade

Comércio da Zona Franca está sob ameaça

Recursos para a UEA foram mantidos

Amom teve que bater-boca para conseguir falar

Sidney Leite: “passamos por uma batalha, mas a guerra continua”

Governador Wilson Lima diz que o texto da reforma “é inaceitável”

Reforma vai para o Senado e Omar promete “travar tudo” se os pleitos não forem atendidos

Candidato do entendimento une setores da OAB

Empresa aérea convida e desconvida jornalistas para evento em Manaus

Hoje tem “Missa 6”, de Schubert, no Teatro Amazonas

Por Solange Elias e Editorias do ÚNICO

Sim para a BR-319

O relatório do Ministério dos Transportes em relação à BR-319 está concluído e diz que a rodovia está em condições de receber a pavimentação. O deputado estadual Rozenha esteve com o ministro George Santoro, em Brasília, de quem recebeu o relatório. Confira o relatório integral ao final da coluna.

Bancada do Amazonas votam contra a reforma

A Câmara dos Deputados aprovou, por 336 votos a 142, o texto-base da regulamentação da reforma tributária, mas os oito deputados federais do Amazonas – Adail Filho, Amom Mandel, Saullo Vianna, Pauderney Avelino, Átila Lins, Sidney Leite, Alberto Neto e Silas Câmara – votaram contra. O projeto não contempla todos pleitos apresentados.

Indústria da ZFM pode perder

A reivindicação de que a indústria da ZFM mantivesse créditos presumidos foi atendida apenas parcialmente, o que pode levar a perda de competitividade e até desinteresse de novas indústrias a se instalarem no PIM.

Comércio sob ameaça

O comércio da Zona Franca e das Áreas de Livre Comércio ficaram sem os créditos presumidos. Estão sob grave ameaça de aumento de impostos e essas coisas geralmente desabam no bolso dos consumidores.

UEA e turismo conseguem se manter

As contrapartidas para os fundos de incentivo, como os que mantêm a UEA e o Fundo de Fomento ao Turismo foram mantidas, depois do pleio dos parlamentares do Amazonas*

Amom exige a palavra

O deputado Amom Mandel teve que apelar para o “argumento forte” com a presidência da sessão, para conseguir defender a UEA. Ele pediu a palavra, mas foi ignorado. Indignado foi diretamente à Mesa e reivindicou a voz num bate-boca rápido com o presidente.

Sidney Leite continua a guerra

Em vídeo distribuído nas redes sociais, o deputado Sidney Leite apontou os avanços e perdas conseguidas na Câmara e destacou: “perdemos uma batalha, mas a guerra continua”.

Inaceitável, diz Lima

O governador Wilson Lima também se pronunciou e classificou de “inaceitável” o resultado da votação da reforma tributária.

Omar promete travar no Senado

Agora o texto segue para o Senado, onde os três senadores do Amazonas vão defender as propostas originais apresentadas na votação da Câmara. O líder da bancada do Amazonas, senador Omar Aziz, já prometeu “travar tudo” caso as reivindicações do Estado não sejam atendidas.

Candidato da OAB

As eleições para a presidência da OAB/AM serão realizadas em novembro. O atual presidente da entidade, Jean Cleuter Mendonça, tem caracterizado o seu mandato com avanços de conquistas administrativas e funcionais para os advogados de Manaus e do interior, além de ser considerado uma pessoa que atua de forma equilibrada, buscando o entendimento entre as partes. Jean deve ser candidato à reeleição.

Começou mal

Depois de convidar alguns jornalistas de turismo para evento de lançamento do voo Manaus/Lisboa, na noite de segunda-feira (8), no Luso Brasileiro, em Manaus, a TAP desconvidou todos eles, alegando ordens do diretor geral da empresa. Para quem precisa aparecer visando lotar os voos, não é uma boa medida, além de ser profundamente deselegante.

Concerto no Teatro Amazonas

A Filarmônica e o Coral do Amazonas apresentam hoje a Missa n.6 de Schubert, no Teatro Amazonas, a partir das 20h. Plateias e frisas custam apenas 10 reais e os demais lugares são gratuitos.

FALE CONOSCO

Solange Elias (EDITORA CHEFE)
(92) 99105-7388

Guilherme Martins (TI/COMERCIAL)
(92) 98638-5707


Compartilhe >
Facebook
Twitter
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *