fbpx

Ministério da Saúde recomenda que Prefeitura de Manaus reforce equipes de vacinação

Expectativa é vacinar idosos acima de 60 anos de idade, no menor espaço de tempo possível

Amazonas tem 458,5 mil doses de vacina para Manaus e 61 municípios

O Ministério da Saúde recomendou, nesta segunda-feira (25), à prefeitura de Manaus que reforce suas equipes de vacinação para garantir a imunização, no menor tempo possível, das pessoas do primeiro grupo de vacinação e de idosos acima de 60 anos.

Com a chegada das vacinas da AstraZeneca (132,5 mil), na noite de sábado (23), e da nova leva de imunizantes do Instituto Butantan (44 mil), nesta segunda-feira (25), a pasta acredita que será possível contemplar toda essa parcela da população. O Amazonas havia recebido 282 mil doses da vacina do Butantan na última semana, após aprovação para uso emergencial da vacina por parte da Anvisa. A prioridade, neste momento, é imunizar o grupo que detém o maior índice de mortalidade por Covid-19, ou seja, as pessoas com 60 anos ou mais.

Atenção especial aos estados com situações mais graves

Na semana passada, o Ministério da Saúde criou o Fundo Epidemiológico, que destina uma cota de todas as vacinas adquiridas para atender os estados com situações mais graves, como é o caso do Amazonas. A medida foi pactuada junto ao Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e ao Conselho Nacional das Secretarias Municipais de Saúde (Conasems). Diante da situação epidemiológica no Amazonas, o estado foi o primeiro contemplado com as doses adicionais, a partir da distribuição das vacinas Oxford/AstraZeneca importadas pela Fiocruz.

Com a remessa que será recebida pelo Amazonas ainda nesta segunda-feira (25), o estado atinge o total de 458,5 mil doses para imunizar, em Manaus e
nos outros 61 municípios amazonenses, as pessoas do primeiro grupo prioritário, que inclui profissionais de saúde, indígenas e idosos com mais de 75 – além daqueles acima de 60 anos, que fazem parte do segundo grupo.

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *