PRIMEIRA MÃO

Ministério da Ciência e Tecnologia vai lançar edital para escolha de novo diretor do Inpa

Comitê de Busca fará uma lista tríplice para definir a direção do instituto

Indígenas do Amazonas vão parar na cadeia por causa do tráfico de drogas

Ex-deputado do PT é barrado no baile

Professores decidem nesta segunda-feira sobre greve

Ministro do STF pede informações sobre a anistia para partidos políticos

Eneva reverte decisão judicial sobre a produção no Campo do Azulão

FVS faz seminário sobre exploração sexual infanto juvenil

Católicos preparam o evento de Pentecostes, a festa do Espírito Santo

Por Claudio Barboza e Solange Elias, com editorias do Único

Lista tríplice no Inpa

Brasília (ÚNICO) – A escolha da nova gestão do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, o Inpa, deve sair de uma lista tríplice a ser elaborada por um Comitê de Busca do Ministério de Ciência e Tecnologia e Inovação. A nomeação de um gestor para dirigir o Inpa é um dos pleitos dos pesquisadores e funcionários da instituição e é um dos cargos federais que ainda estão vagos no Amazonas. A informação é da correspondente do ÚNICO em Brasília, jornalista Valéria Costa.

Comitê busca nova direção

O ministério informou que vai concluir, nos próximos dias, a formação do Comitê de Busca, que será o responsável por elaborar uma lista tríplice para a escolha do diretor ou diretora do Inpa. O processo prevê a elaboração de edital de seleção, inscrição dos candidatos, envio de plano de gestão e currículo. O orçamento 2023 previsto para o Inpa é de R$ 36,7 milhões.

Drogas levam indígenas para a cadeia

O ÚNICO teve acesso à informação de que aproximadamente 140 indígenas do Amazonas estão na prisão em Manaus. Foram presos transportando drogas do interior do Amazonas para a capital. Segundo a fonte, sem alternativas reais de vida, os indígenas se tornam presas fáceis do tráfico de drogas que os usam como “mulas”, termo utilizado para quem transporta drogas.

Deputado do PT fora de cargos

O ex-deputado federal Zé Ricardo teve mais de 89 mil votos nas eleições de 2022. Não conseguiu a reeleição, mas foi bem. Quem o acompanha de perto, conta que a maior dificuldade de Zé é no campo das articulações. “É muito difícil no relacionamento e até agora, talvez por isso, não conseguiu nenhum espaço no Governo Lula”, relata uma fonte. Ele chegou a ser cotado para a Suframa.

Professores discutem proposta do governo

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Amazonas (Sinteam) prometeu para esta segunda-feira (22) realizar uma Assembleia Geral. Em pauta: proposta do governo de aumento salarial em 8%. A categoria está querendo 25%. Se não houver acordo, a proposta de greve será votada.

Anistia para partidos políticos

A Câmara dos Deputados começa a semana com um pedido de esclarecimentos sobre a PEC da anistia (que pretende livrar a cara de partidos que cometeram irregularidades nas eleições de 2022), do ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Eneva em operação

A empresa que explora gás natural em Silves, no Campo do Azulão, a Eneva recorreu da decisão judicial que suspendeu suas operações e conseguiu derrubar a liminar, poucas horas depois. A Eneva apontou que, sem o gás de Silves, a capital de Roraima, Boa Vista, pode simplesmente parar, gerando caos em hospitais, escolas, serviços públicos e muito mais. Boa Vista depende principalmente da usina Jaguatirica II para geração de energia elétrica.

Exploração sexual

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP) realiza hoje (22) e amanhã (23), o “Seminário Estadual 18 de Maio, Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”. O evento é parte da campanha nacional Faça bonito.

Católicos e pentecostes

A Arquidiocese de Manaus vai realizar entrevista coletiva na manhã desta segunda (22), às 9h, na Cúria, para apresentar o evento Pentecostes 2023, que pretende reunir cerca de 50 mil fiéis para celebrar a festa do Espírito Santo, uma das mais importantes expressões de fé da Igreja Católica de Manaus. O arcebispo de Manaus, Cardeal Leonardo Steiner, e o padre Geraldo Bendaham comandam a coletiva.

FALE CONOSCO

Solange Elias (EDITORA)
(92) 99105-7388

Guilherme Martins (TI/COMERCIAL)
(92) 98638-5707

CEO: Claudio Barboza
(92) 99116-1777


Compartilhe >
Facebook
Twitter
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *