Médico aliado do governador Wilson Lima sofre atentado a bala em Tabatinga

O médico Rogelio Alonso Campuzano Cachaya (44 anos) que foi candidato a deputado estadual pelo PMN em 2018, com o apoio do governador Wilson Lima (PSC), a quem ele também apoiou, sofreu um atentado a bala na noite de domingo, em Tabatinga (AM). Em 2005, o médico já havia sido preso na cidade colombiana de Letícia que faz fronteira com Tabatinga, suspeito de operar “mulas” contratadas para sair do país com implantes de cocaína nas coxas, segundo divulgou o Portal Mix 18 horas.

De acordo com o Portal, o médico e a namorada estavam saindo da clínica de, na rua Osvaldo Cruz, Bairro Comunicações, quando um homem ainda não identificado se aproximou, sacou uma arma e disparou  contra o casal. Segundo informações da Polícia Militar (PM) três tiros acertaram o médico: dois na cabeça e um no ombro. A mulher que estava com ele foi atingida de raspão no braço. O casal foi atendido  na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município.

Rogelio teve o quadro de saúde estabilizado na UPA e depois foi transferido ao Hospital de Guarnição de Tabatinga (HGUT). Viaturas da policia militar fizeram a segurança do paciente durante a remoção para a unidade do Exército Brasileiro. O médico teve que fazer exame de tomografia na cidade colombiana de Letícia, já que o exame não estava disponível nas unidades de saúde de Tabatinga, de acordo com informações de site locais.

Na última eleição em 2018,  Campuzano teve 17.157 votos como candidato a deputado estadual, não se elegeu, mas atualmente é pré-candidato a prefeito de Tabatinga, com o apoio do grupo político de Wilson Lima. Segundo o site Portal Caboclo, ele vinha recebendo ameaças de morte e há 15 dias esteve no gabinete do governador, onde lhe foi prometido que policiais militares fariam sua segurança.

Rogélio Campuzano foi uma das poucas lideranças do interior a manifestar apoio aberto a Wilson Lima na eleição de 2018. Já  candidato ao governo do Amazonas Wilson Lima (PSC) fez propaganda eleitoral para o médico. Durante um vídeo divulgado na internet, ao lado do médico, Wilson Lima o parabenizou, fez promessas para a área de saúde e disse que contava com seu o apoio. O médico encerra a gravação pedindo voto para o então candidato a governador.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *