Lula chama de volta o embaixador do Brasil em Israel

Países enfrentam crise diplomática por causa da guerra em Gaza

Alckmin diz que presidente “luta pela paz na Palestina”

Brasília (ÚNICO) – O presidente Lula chamou de volta para o Brasil o embaixador do país em Tel Aviv, capital de Israel, Frederico Meyer. Essa medida geralmente é adotada quando um país quer deixar claro sua insatisfação com os atos de outra nação.

No caso do embaixador Frederico Meyer, sua convocação é uma resposta ao fato de Israel aplicado uma “reprimenda” ao Brasil depois que o presidente Lula comparou o que ocorre na Faixa de Gaza ao Holocausto Judeu.

Crise diplomática

Lula considerou que o embaixador Frederico Meyer foi humilhado, e que, por representar o país, o desprezo com que Israel o tratou foi dirigido a todo o Brasil.

As declarações de Lula abriram uma crise diplomática com o governo israelense. Nesta segunda (19), o Ministério das Relações Exteriores do governo de Binyamin Netanyahu declarou o líder brasileiro “persona non grata”.

Luta pela paz

Na manhã desta segunda-feira (19), o vice-presidente, Geraldo Alckmin, disse que a posição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva é pela paz na Palestina. “O que ele defende é a paz. O que ele quer é a paz, que haja aí um cessar-fogo no sentido da busca pela paz”, enfatizou após participar de encontro na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

“Em relação à colocação do presidente Lula, eu acho que é clara a sua posição. De um lado, deixou claro que a ação do Hamas foi uma ação terrorista, isso eu ouvi dele em vários pronunciamentos”, reforçou.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *