Ladrões roubam 30 armas de clube de tiro em Manaus

Proprietário é um coronel do Exército Brasileiro

Ele disse que um dos criminosos trabalhou para ele

O coronel do Exército Dagmo Varela, proprietário de um clube de tiro localizado no bairro Dom Pedro, Zona Centro-Oeste de Manaus, foi rendido por quatro jovens na noite desta quinta-feira (27), quando trabalhava no local. Os ladrões levaram 30 armas de fogo, sendo 20 armas curtas e 10 longas.

O próprio coronel explicou que um dos envolvidos é um jovem de 17 anos que já havia trabalhado para ele em um hotel de sua propriedade. O rapaz também já havia sido seu aluno no clube de tiro.

“Esse jovem trabalhou comigo como aprendiz por um ano. A mãe dele é evangélica, uma pessoa acima de qualquer suspeita. Ele veio aqui por volta das 19h, chegou no portão para falar comigo e tirar dúvidas de aula. Mandei ele entrar, e ele disse que tinha amigos que queriam me conhecer. Primeiro entrou um, e em seguida, outros dois. Os quatro estavam armados e anunciaram o roubo”, relatou o coronel.

O genro do coronel foi feito refém, e ambos foram levados até a sala de reserva, onde os criminosos atiraram na fechadura e ameaçaram os dois de morte caso não entregassem as armas.

“Aqui tem câmeras, já estamos atrás desse jovem. Ele não tinha histórico, não havia como suspeitar. Eu não reagi porque meu genro estava com duas armas apontadas para a cabeça. Só vou voltar quando encontrá-lo, é fácil de localizar”, contou o coronel.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *