Josué Neto aponta que decreto presidencial “fortalece a Zona Franca e a biotecnologia“

O presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado Josué Neto (PRTB), comentou nesta sexta-feira (16) o decreto do presidente Jair Bolsonaro que isenta bens de informática da Zona Franca destacando que essa iniciativa fortalece o polo industrial de Manaus e garante mais competividade dos produtos do PIM no mercado mundial. O decreto também abrange investimentos em pesquisas voltadas a biotecnologia.
Na quinta-feira (15), o presidente da República, Jair Bolsonaro editou um decreto que determina que bens de informática industrializados na Zona Franca de Manaus terão isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) e redução do Imposto de Importação. O decreto ainda inclui a possibilidade de investimentos em biotecnologia e na chamada indústria 4.0.
Josué Neto afirmou que o decreto é um dos primeiros passos que o Governo Federal está dando no sentido de transformar a Amazônia em referência mundial na geração de negócios sustentáveis. Um dos projetos também será transformar o Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA) em fundação para captar os recursos oriundos das empresas do polo industrial de Manaus.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *