Jornalistas são agredidos e têm equipamentos roubados por bolsonaristas

Fotógrafos foram atingidos e tiveram seus equipamentos destruídos

Repórter foi espancada por pelo menos dez pessoas

Brasília (ÚNICO) – Ao menos cinco jornalistas foram agredidos durante a ação dos bolsonaristas radicais que invadiram e depredaram o Congresso Nacional, o Supremo Tribunal Federal (STF) e o Palácio do Planalto, neste domingo (8).
Uma repórter fotográfica do portal Metrópoles foi agredida por dez pessoas a chutes e pontapés e teve seu equipamento roubado no Congresso Nacional. Ela foi para o Instituto Médico Legal (IML) para exames.
O celular de um repórter da TV Bandeirantes foi quebrado, assim como um repórter da Agência France Presse que também teria sido agredido e teve seu equipamento roubado. Funcionários a serviço da Folha de S. Paulo.
Outro fotojornalista também sofreu ataques durante o ato. De acordo com testemunhas, o profissional da agência internacional Reuters acabou sendo expulso do Palácio do Planalto.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *