Jornada de Integração Regional em Itacoatiara apresenta oportunidades para empreendedores

Encontro quebra rotina da burocracia oficial

Ação idealizada pela Suframa, conta com apoio do Basa, Sudam, governo estadual e prefeituras

Mais de cem produtores rurais e empreendedores participaram no auditório do Sebrae, em Itacoatiara (a 176 quilômetros de Manaus), da Jornada de Integração Regional e Interiorização do Desenvolvimento no município.

O encontro encerrado ontem (7) foi realizado em parceria com a Prefeitura Municipal e a Associação Comercial, Industrial e do Agronegócio de Itacoatiara (Aciaita).

Teve o propósito de reunir instituições que atuam visando o desenvolvimento regional na Amazônia Ocidental, como Banco da Amazônia (Basa), Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam) e Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação no Amazonas (Sedecti).

Autoridades comparecem

A solenidade de abertura do evento contou com a presença de diversas autoridades locais e regionais, entre os quais o superintendente da Suframa, Bosco Saraiva; o superintendente regional do Basa, Eder Sávio; o diretor da Sudam, Jorge Frota; o secretário municipal de Produção e Abastecimento de Itacoatiara, Junevaldo Cardoso; o presidente da Câmara Municipal de Itacoatiara, vereador Benedito Júnior; a presidente da Aciaita, Silvana Valente; o representante da Sedecti, José Sandro Ribeiro; a subgerente do Sebrae Itacoatiara, Kecia Garcia; o comandante do Segundo Batalhão de Polícia de Itacoatiara, coronel Lima Júnior; e a presidente adjunta do Conselho da Mulher Empreendedora e da Cultura, Meire Tania de Nazaré.

Superintendente Bosco destaca esforço coletivo

O superintendente da Suframa, Bosco Saraiva, destacou o esforço dos organismos federais, estaduais e municipais de desenvolvimento e de incentivo à produção no sentido de atuarem de forma proativa e diligente a fim de ir até onde estão os produtores e empreendedores regionais, especialmente nos municípios interioranos.
“Estamos aqui para atualizar informações, tirar dúvidas e mostrar o que fazem a Suframa, a Sudam, o Basa, entre outros parceiros, para que essas informações possam se espraiar para diversos outros produtores e empreendedores”, afirmou Saraiva.

“Precisamos liquidar a distância de mais de 260 quilômetros de Manaus pra cá, os milhares de quilômetros que existem daqui pra Belém com a Sudam e também com o Basa. Queremos eliminar isso, tirar os entreveros do caminho, e só podemos fazer isso se formos até onde o povo está”, explicou.

Bosco anunciou que mais eventos semelhantes ocorrerão não apenas no Estado do Amazonas, mas também nos municípios dos Estados do Acre, Rondônia, Roraima e Amapá.

“O grande motor da economia da região continua sendo a Zona Franca de Manaus. A Reforma Tributária mudou muita coisa, nossa valorosa bancada no Congresso conseguiu garantir os incentivos, assegurar nossa segurança jurídica, no entanto, precisamos evoluir tecnicamente, evoluir o parque industrial e evoluir principalmente no Interior do Estado, com as agroindústrias. Esse é o esforço que estamos fazendo, de sair da retórica dos gabinetes e de ir onde estão os maiores interessados e potenciais beneficiados pelos nossos serviços”, reforçou Saraiva.

Setor agropecuário

Na sequência, o secretário municipal de Produção e Abastecimento de Itacoatiara, Junevaldo Cardoso, parabenizou a Suframa, a Sudam e o Basa pela iniciativa e afirmou que a atual gestão municipal tem programas específicos para organizar o setor agropecuário local, valendo-se também das possibilidades de incentivos ofertados pelo governo federal.

A presidente da Aciaita, Silvana Valente, disse que foi uma honra receber as equipes das instituições federais de desenvolvimento para ofertar uma oportunidade única de aprendizado para os empreendedores e produtores locais.

Palestras sobre oportunidades

O evento consistiu principalmente na apresentação de palestras por servidores da Suframa e por representantes da Sedecti, Sudam, Basa e cooperativa Sicred direcionadas a temas como incentivos fiscais para o município de Itacoatiara; cadastro na Suframa, compras nacionais e importações; apresentação de projetos junto à Suframa para obtenção de incentivos fiscais, com uso de matérias-primas regionais; e oportunidades para investimentos no Amazonas, entre outros.
Ao final, houve uma sessão de perguntas e respostas para dirimir dúvidas.

Avaliação positiva

A produtora Samily Santos, que atua na zona rural de Itacoatiara coletando frutas e transformando em polpas para comercialização local, disse que o que mais chamou a atenção no evento foram as possibilidades de expansão dos negócios através dos incentivos fiscais e das vantagens para aquisição de maquinários e equipamentos.

“Estamos iniciando nesse mercado, então toda ajuda é válida. Sabia do que se tratava a Suframa, mas achava que era algo limitado à capital. O evento de hoje trouxe novos horizontes e também um novo olhar não só para o bruto da minha matéria-prima, mas também para os outros segmentos que a minha matéria-prima pode se desenvolver. Vou olhar mais para os meus produtos e para as oportunidades que eles podem trazer para mim e para as pessoas que trabalham conosco. Estou muito feliz e muito grata pelo convite para termos vindo aqui hoje”, disse a produtora.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *