Ipem interdita balanças no Aeroporto Internacional de Manaus

Três equipamentos tinham irregularidades

As balanças são usadas para pesar as bagagens dos passageiros

Em fiscalização realizada nesta segunda-feira (27), o Instituto de Pesos e Medidas do Estado do Amazonas (Ipem-AM) constatou irregularidades em três balanças no controle de pesos de bagagens (check-in) de guichês de companhias aéreas no Aeroporto Internacional de Manaus Eduardo Gomes.

Os equipamentos foram reprovados e interditados e a Concessionária dos Aeroportos da Amazônia S/A notificada.

Maioria dentro das normas

Durante a ação, os agentes verificaram se as balanças atendiam às normas exigidas pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), o que assegura que as mesmas foram testadas e funcionam adequadamente.

Ao todo, 39 balanças em operação no aeroporto foram verificadas. Destas, duas apresentaram o display queimado, impedindo que o consumidor tivesse acesso ao peso da bagagem apontado pelo equipamento; e, em uma terceira balança, os fiscais identificaram que o lacre havia sido violado, indicando possível fraude.

Defesa e multa

De acordo com o diretor-presidente do Ipem-AM, Renato Marinho, a Concessionária dos Aeroportos da Amazônia S/A, responsável pelos equipamentos, terá um prazo de dez dias para apresentar defesa junto ao Ipem-AM, podendo ser multada em até R$ 1,5 milhão. Os instrumentos não poderão ser operados antes de passar por uma oficina credenciada, que fará a devida manutenção.

Para denunciar

Os consumidores que desconfiarem de possíveis irregularidades ou desejarem tirar dúvidas podem entrar em contato com a Ouvidoria do Ipem-AM no número 0800 092 2020 e no WhatsApp 99261-7143, de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h, ou pelo site: https://ipem.am.gov.br/ouvidoria/, e pelas redes sociais do órgão: Instagram – @ipem.amoficial; Facebook – Ipem Amazonas e Twitter – @ipemamoficial.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *