fbpx

Instituto faz campanha para esclarecer que macacos não transmitem a varíola

Animais são mortos pela população por medo e falta de informação

”Macacos brasileiros não são reservatórios desse vírus”, apontam especialistas

Ricardo Xavier
Para o Portal ÚNICO

A Sociedade Brasileira de Primatologia e seus parceiros ambientalistas estão divulgando campanha nas redes sociais informando a população que, apesar do vírus da doença conhecida como “varíola dos macacos”, o atual surto não tem participação desses animais na cadeia de transmissão para seres humanos. Em um vídeo com narração em tom melancólico, a instituição mostra que em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, cinco macacos foram mortos a pauladas. A suspeita é que o ataque tenha acontecido por medo da “varíola dos macacos”.
O vídeo aponta ainda que esses ataques aos macacos no Brasil repetem situação que já aconteceu em 2018, quando houve um surto de febre amarela e havia macacos contaminados. Porém os animais não transmitiam a doença e, mesmo assim, foram mortos por humanos.

Veja o vídeo na íntegra:

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.