fbpx

Instituto de proteção animal denuncia maus-tratos a cavalo que precisou ser sacrificado depois de quebrar as patas

São Sebastião do Uatumã fazia Feira Agropecuária, mas protetores dizem que a vaquejada era ilegal

Imagens mostram o momento em que o cavalo cai e apresenta graves ferimentos nas pernas (veja o vídeo)

O Instituto S.O.S Pet denunciou os organizadores do Circuito de Vaquejada realizado no município de São Sebastião do Uatumã neste fim de semana por maus-tratos a animais. Isso porque vídeos compartilhados nas redes sociais mostram um cavalo, que mesmo com dificuldade de locomoção, foi colocado para correr no circuito. Ele acabou caindo no percurso e, pelas imagens, é possível notar que ele quebrou pelo menos duas patas – a dianteira e a traseira direitas – e ainda correu grave risco de quebrar a coluna. Carregado em estado grave para fora da pista – uma vez que não se levantava mais – o animal precisou ser sacrificado.

Corrida forçada

“O animal não estava bem e foi submetido à corrida. Não havia fiscalização e o evento sequer foi registrado. Trata-se de uma vaquejada ilegal, com apoio municipal. Isso é muito grave! Não havia médicos veterinários e nem equipes de resgate para os animais e também para o público presente, caso houvesse algum acidente. Esse tipo de prática deve ser combatida e nós precisamos criar políticas públicas que exijam que eventos clandestinos como esse não ocorram no nosso Estado”, destacou o protetor animal, Amauri Gomes.

Denúncia na Dema

Segundo Amauri, a Prefeitura de São Sebastião de Uatumã foi denunciada na Delegacia do Meio Ambiente e será notificada. Também deverá apresentar os responsáveis pelo evento para prestarem esclarecimentos na delegacia da cidade e também ao Conselho Regional de Medicina Veterinária do Amazonas (CRMV-AM).

Imagens mostram que o cavalo já estava mancando antes de ser forçado a correr.

Momento da queda e as fraturas nas patas do animal

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *