fbpx

Instituto de pesquisa diz que Wilson Lima chegou a 34% dos votos válidos e abre 5 pontos sobre o segundo colocado

Ex-presidente de empresa de Turismo do Amazonas e candidato a federal é multado pelo Tribunal

Candidatos proporcionais do PDT colocam a boca no trombone

Não vai sair barato o soco do prefeito Simão Peixoto no deputado Roberto Cidade

Tribunal de Contas investiga dois prefeitos – e um deles é de Borba

Nesta quarta, o TCE comemora o aniversário de 30 anos da Atricon

Conselho da UFAM se reúne para votar título de Doutor para escritores amazonenses

Balsa vermelha afunda na frente da Feira Manaus Moderna

Alerta de número alto de casos de sífilis em Manaus

Por Claudio Barboza e Solange Elias, com editorias do Único

Números favorecem governador

Nova pesquisa divulgada pelo Instituto Real Time Big Data mostra que Wilson Lima (União Brasil) assumiu a liderança na corrida pelo governo com 34% dos votos válidos, num levantamento que entrevistou mil pessoas entre os dias 10 e 12 de setembro, em Manaus e no interior do estado. Segundo a pesquisa, Lima mantém seis pontos à frente do segundo colocado, Amazonino Mendes. No segundo turno, o instituto revela um empate técnico de 42% entre Wilson Lima e Amazonino.

Avanço de Wilson

Em abril Wilson tinha 19% das intenções de voto e, em julho, chegou a 28% e nesta semana, alcança 39% dos votos válidos, abrindo vantagem sobre Amazonino que aparece com 33% das intenções.

Multa para ex-presidente da Amazonas Tur

O ex-presidente da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas, Orsine Júnior, foi multado em R$ 392,3 mil pelo Tribunal de Contas do Amazonas, durante julgamento de suas contas do ano de 2018, quando ele comandava a pasta. Orsine é candidato a deputado federal pelo PSD.

PDT em rota de colisão no Amazonas

O clima interno esquentou dentro do PDT no Amazonas. Candidatos proporcionais reclamam que estão sem material, sem recursos e sem acesso ao horário eleitoral. A candidata ao governo pelo partido, Carol Braz, disse ao ÚNICO que uma produtora está fazendo o trabalho para os candidatos. “Não estou sabendo dessa situação”, afirmou.

Aleam declara guerra a Peixoto

Os deputados estaduais do Amazonas se uniram em solidariedade ao presidente da Casa, Roberto Cidade (UB), em desagravo à agressão sofrida pelo parlamentar, em Borba, na semana passada, quando o prefeito do município, Simão Pessoa, deu um soco em seu rosto. A primeira iniciativa já foi adotada. Estuda-se a retirada da Medalha Ruy Araújo, concedida ano passado ao prefeito.

Investigação sobre salários

A segunda iniciativa está sendo comandada pela deputado Alessandra Campêlo que, junto com Roberto Cidade, pediu ao Ministério Público que abra uma investigação sobre o piso salarial dos professores de Borba, que não está sendo pago. Esse pedido de Ação Civil Pública foi assinado também por Carlinhos Bessa (PV), Dermilson Chagas (Republicanos), Adjuto Afonso (UB), Dr. Gomes (PSC), Serafim Corrêa (PSB), Therezinha Ruiz (PL), Tony Medeiros (PL), Álvaro Campelo (PV), Saullo Vianna (UB) e Mayara Pinheiro (Republicanos). Tem gente aí, que nem se fala, mas o prefeito de Borba conseguiu unir a todos.

Tribunal de Contas também investiga

E tem mais contra Simão Peixoto. O Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM) decidiu ontem que vai realizar uma inspeção extraordinária no município de Borba para apurar denúncias de “recorrentes quebras de limites nos gastos com pessoal e uso indevido de recursos públicos para a compra de cestas básicas”. Outro prefeito na berlinda é o de Barcelos, Edson Mendes (MDB), que vai ser investigado pelo TCE por descumprir o limite de gasto com pessoal ao longo dos últimos exercícios e por denúncias de que ele usou a enchente deste ano para criar decretos emergenciais para a compra de cestas básicas e materiais de limpeza.

TCE comemora

Falando em TCE, hoje a Corte de Contas promove evento especial para comemorar os 30 anos da Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon). Autoridades, amigos, convidados e servidores vão participar de duas palestras com especialistas, sobre integridade e ética. A solenidade terá transmissão ao vivo, pelas redes sociais do TCE-AM.

Título para escritores

De iniciativa do departamento de Ciências Socais da Universidade Federal do Amazonas, o Conselho Universitários da Ufam reúne na quinta-feira (15) para analisar, discutir e votar o processo de outorga do título de Doutor Honoris Causa aos escritores amazonenses Márcio Souza e Milton Hatoum, pelo reconhecimento de sua obra.

Balsa afunda

Estranha ocorrência ontem na orla de Manaus, em frente à Feira Manaus Moderna, expõe a necessidade de se avaliar o estado das balsas que servem de atracadouro para pequenas embarcações. No final da tarde de ontem uma das balsas simplesmente afundou – porque seu reservatório de ar foi invadido pela água. Ainda não se sabe as causas do acidente e ninguém se feriu. Mas este é o segundo episódio de flutuador que afunda. O primeiro foi no Porto de Manaus, quando uma das rampas flutuantes afundou depois que suas tampas de vedação foram roubadas.

Sífilis em Manaus

É grave o que a Secretaria Municipal de Saúde de Manaus, informou ontem: a capital do Amazonas tem “um cenário preocupante” em relação à ocorrência de sífilis, porque tem o número de casos mais que o dobro da média nacional. De janeiro a agosto deste ano, foram 2.345 novos diagnósticos, sendo a maioria, 1.089, transmitidos por ato sexual e 174 adquiridos no nascimento. A sífilis tem cura, mas não tem vacina. Quem se infectou pode pegar a doença de novo, alerta a Semsa.

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.