fbpx

PRIMEIRA MÃO

Indústria de fake news mata ex-governador Amazonino Mendes

Vídeo mostra ativismo político no Tribunal de Contas do Amazonas

Prefeitura de Manaus vai atrás de quem não se vacinou

Tribunal Regional do Trabalho exige uso de máscaras a partir de hoje

Ministério Público do Amazonas abre espaço para a mulher

Pará lidera, mais uma vez, movimento pela Amazônia

Funai do Amazonas ignora protestos e a imprensa

Avenida de Manaus vai ser interditada durante três dias para manutenção

Amazonas é o menor do país em áreas urbanizadas

Coração na mão: Brasil estreia hoje na Copa do Mundo

Por Claudio Barboza e Solange Elias, com editorias do Único

A indústria de fake news que mata

O ex-governador Amazonino Mendes está em São Paulo, no Hospital Sírio-Libanês, com quadro de diverticulite aguda e broncopneumonia. Esta é a notícia correta. Mas na noite de quarta-feira (23), alguns sites de Manaus divulgaram a morte de Amazonino, em mais uma ação dos que alimentam as fake news, de forma irresponsável e criminosa. Quem apoia esse tipo de postagem pode ser a vítima desse mesmo tipo de ação em algum momento futuro.

Política no Tribunal de Contas

O Portal BNC divulgou nesta quinta-feira (24), conteúdo onde expõe motivação política no Tribunal de Contas do Amazonas. Diz a postagem: Lei Orgânica da Magistratura Nacional proíbe atividade político-partidária de magistrados. Punição é com a perda do cargo. Em seguida, informa sobre um vídeo postado pelo coronel Alfredo Menezes (PL), onde ele qualifica a conselheira do TCE Yara Lins, como “mulher evangélica e bolsonarista”. Em seguida denomina que os outros conselheiros são todos petistas. (Veja o vídeo no final da coluna)

Eleição do filho da conselheira

No vídeo, Menezes destaca a eleição do filho de Yara, Fausto Júnior, para deputado federal, observando que “ele vai estar também a sua disposição em Brasília”. Yara ouve sem contestar a fala político-ideológica de Menezes, pede bênçãos e roga proteção divina ao então candidato Bolsonaro. O vídeo, conforme o BNC, foi divulgado logo após o 1º turno.

Mais vacina contra Covid em Manaus

A Prefeitura de Manaus vai dar início a uma grande campanha de vacinação contra a Covid-19. O prefeito David Almeida disse ao ÚNICO que uma grande parte da população não completou o ciclo vacinal. “Precisamos reverter isso”, disse.

Tribunal do Trabalho pede máscaras

O Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região(TRT-11) está exigindo, a partir desta quinta-feira (24), o uso de máscaras contra a Covid-19. O ato foi assinado pela desembargadora-presidente Ormy da Conceição Dias Bentes, e pela corregedora regional, desembargadora Márcia Nunes da Silva Bessa. A medida é válida para a capital e o interior. O Tribunal de Contas e o Tribunal de Justiça do Amazonas também já decretaram a obrigatoriedade.

Mulher conquista espaço no Ministério Público Estadual

No dia Internacional da Não Violência Contra a Mulher, comemorado nesta sexta-feira (25), o Ministério Público do Amazonas inaugura a Ouvidoria da Mulher, com uma programação a ser realizada das 9h às 12h, na sede da instituição.

Propostas a Lula

O Amazonas vai de coadjuvante do Pará, mais uma vez, na elaboração de um documento que os nove estados da Amazônia Legal apresentarão à equipe de transição de Lula. O texto vai sugerir ações prioritárias na região, no que diz respeito ao desenvolvimento sustentável. A elaboração está em andamento.

Indígenas pedem socorro

A União Indígena do Vale do Javari voltou a apelar nesta semana por segurança para as tribos semi isoladas da região, que estão sendo ameaçadas de morte por caçadores e garimpeiros ilegais. No início de novembro, a Univaja já havia denunciado ameaças e o aumento do nível de tensão na área que ficou famosa mundialmente pelas mortes do indigenista Bruno Pereira e do jornalista Dom Phillips. O coordenador jurídico da Univaja, Eliesio Marubo, disse que com os ataques há risco de novas mortes.

Invasão na Funai

Ainda sobre indígenas, em Manaus, uma movimentação de protestos de indígenas na sede da Funai regional, só foi percebida porque uma avenida e grande fluxo foi “fechada” ontem. O cacique Melquíades Ventura Neto, da etnia Kambeba, de São Paulo de Olivença, disse que o atual gestor, Eduardo Deziderio Chaves, destrata os indígenas e ainda estaria enviando para as aldeias cestas básicas com alimentos vencidos. Deziderio ignorou a imprensa, não atendeu nenhum veículo nem distribuiu nota explicando o que se passou.

Avenida interditada

Atenção! A avenida Senador Raimundo Parente vai ser totalmente interditada nesta sexta-feira (25), para reparos na rede de drenagem, naquele trecho próximo ao Clube Municipal. E o conserto vai até domingo (27).

Conselho de Saúde

Estão abertas as inscrições para o Conselho Municipal de Saúde (CMS/Manaus), em seis categorias: representante da Zona Norte; representante da Zona Oeste; representante de entidades públicas de hospitais universitários e hospitais de campos de estágio, de pesquisa e desenvolvimento, de comunidades científicas da área da saúde; representante de entidades religiosas; representante de associações de pessoas com deficiência e representante de entidades patronais. E é urgente, porque a eleição é daqui a quatro dias.

Amazonas preservado

Pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostra que as áreas urbanizadas – aglomerados de casas, ruas e edificações – cresceram 19% entre 2015 e 2019 em todo o país. São Paulo é o estado com maior extensão absoluta de áreas urbanizadas, 18%. O Amazonas, apesar de ter o maior território absoluto, conta com apenas 0,04% de áreas urbanizadas.

Brasil na Copa

Chegou o dia mais esperado da Copa do Qatar: a estreia da Seleção Brasileira! Tite vai deixar os brasileiros com os nervos à flor da pele até a hora da partida – que em Manaus será às 15h – por conta da escalação. Mas já vazaram informações de que o Brasil vai “partir pra cima” com formação mais ofensiva. O clima no país é de festa, com a Copa do Mundo embolada com a Black Friday, que acontece amanhã (25) e o maior evento do comércio nacional, o Natal.

Bloqueio de estradas

Grupo de indígenas bloquearam parte da Br-174 na noite de quarta-feira (23), em protesto contra a Funai. No Acre, bolsonaristas há dias bloqueiam a Br-364 que liga Rio Branco a Porto Velho. Já há desabastecimento em alguns supermercados da capital acreana.

SIGA O PORTAL ÚNICO:
https://portalunico.com

Facebook:
Facebook.com/portalunico.com

Instagram:
https://instagram.com/portalunico?utm_medium=copy_link

Twitter:
https://twitter.com/PortalUnico?t=5LAn7TYhr43mFX0LTFQ2wA&s=09

FALE CONOSCO

Solange Elias (EDITORA)
(92) 99105-7388

Guilherme Martins (TI/COMERCIAL)
(92) 98638-5707

CEO: Claudio Barboza
(92) 99116-1777

Compartilhe >
Facebook
Twitter
WhatsApp

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *