Grupo de Trabalho da BR-319 realiza terceira reunião, em Porto Velho

Membros buscam facilitar licença ambiental para recuperação da rodovia

Relatório deve detalhar se essa obra é possível ou não

Fábio Rodrigues
Especial para o ÚNICO

Brasília (ÚNICO) – O Grupo de Trabalho da BR-319, criado pelo Ministério dos Transportes em novembro do ano passado, fez sua terceira reunião de estudos em Porto Velho, Rondônia, nesta quarta-feira.

A primeira aconteceu em Brasília na sede do Ministério, ainda em novembro, e a segunda em Manaus, em dezembro passado. O grupo tem 90 dias para entregar um relatório sobre a viabilidade ou não da recuperação da rodovia.

Relatório

O secretário-executivo do Ministério dos Transportes, George Santoro, disse que a estratégia do Ministério dos Transportes é elaborar um relatório que aponte os caminhos para a obtenção da licença após ouvir todos os apontamentos de órgãos de controle e sociedade organizada.

Ao elaborar as condicionantes para a pavimentação, será possível montar um cronograma e tocar os projetos para implementar a rodovia.

Conteúdo

“O relatório vai entregar um grande mapa de responsabilidades, metas e prazos de uma maneira nunca vista no contexto desse empreendimento para dizer as soluções viáveis encontradas com essas, os custos que elas apresentam. A gente precisa conjugar esforços, trabalhar com pragmatismo e bom compromisso ético, transparente, aberto, um diálogo construtivo como tem feito o Governo Federal. Essas audiências públicas são provas irrefutáveis disso”, completou o subsecretário de sustentabilidade do Ministério dos Transportes, Cloves Benevides.

Com informações da Agência Brasil


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *