fbpx

Greve e impasses no Congresso desafiam Bolsonaro que prefere se manter nas redes sociais

As Universidades Federais confirmaram greve geral para quarta-feira (15) em todo país e os partidos do chamado Centrão ameaçam não votar nenhuma medida provisória a partir de segunda (13). Pra completar, há possibilidades do decreto que flexibilizou o uso de armas, ser considerado inconstitucional. Esses são alguns dos desafios para o governo Bolsonaro enfrentar nos próximos dias.
Bolsonaro tem caminhado em uma estratégia muito particular. Ao contrário do usual,quando após a eleição os ânimos se estabilizam,ele mantém o mesmo tipo de discurso da campanha eleitoral. Em nenhum momento sinalizou com algum entendimento em relação a grupos divergentes e permanece alheio ao tiroteio na internet, orquestrado por seu filho Carlos ou pelo guru do grupo, Olavo de Carvalho.
Nesse tiroteio Carlos e Olavo atacam desde militares, a ministros do Supremo Tribunal Federal, numa sucessão de postagens muitas vezes usando expressões chulas, incluindo palavrões. Economicamente o governo ainda não respondeu à expectativa que criou.

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.