Governo vai usar Inteligência Artificial contra queimadas

ChatBot está sendo desenvolvido para atuar na Amazônia

A ideia é buscar resposta mais rápida aos incêndios

Brasília (ÚNICO) – O Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam) e o governo de Rondônia anunciaram que estão trabalhando no desenvolvimento de um ChatBot, uma ferramenta de Inteligência Artificial para monitorar queimadas na Amazônia.

A perspectiva é que essa ferramenta ofereça informações em tempo real sobre áreas afetadas por queimadas, especialmente durante o período de estiagem.

O Censipam espera que, com esses dados, as autoridades possam dar uma resposta mais ágil e eficiente ao fogo.

Como a IA vai funcionar?

Com monitoramento em tempo real, o novo sistema de IA pode processar grandes volumes de dados provenientes de satélites, sensores e outras fontes. A ideia é ter uma identificação precoce de focos de incêndio e uma resposta mais rápida por parte das autoridades.

A IA também vai analisar dados complexos, como padrões climáticos. Os algoritmos de IA também podem ser empregados para prevenir a propagação de incêndios com base em diversas variáveis, como vento, umidade do ar e características geográficas.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *