Governo Lula cria secretaria da navegação nos rios

Nova pasta vai priorizar construção de hidrovias

No Amazonas, calha do rio Madeira terá investimentos

Brasília (ÚNICO) – O governo federal vai criar uma nova secretaria, ligada ao Ministério de Portos e Aeroportos, para cuidar exclusivamente da navegação nos rios do país – a Secretaria de Hidrovias.

Subordinada ao ministério, a nova pasta coordenará a área de navegação por rios, diante da expectativa de investimentos bilionários nesse modal de transporte nos próximos anos.

O ministro dos Portos, Costa Filho anunciou Dino Antunes, atual diretor do departamento de navegação e hidrovias, como o novo titular da secretaria.

Área prioritária

De acordo com o novo secretário, Dino Antunes, a área de hidrovias vai ser prioritária para o ministério, com as concessões e o anúncio de um programa para incentivar esse modal, a “BR dos Rios” – a exemplo de outros projeto que tocou no passado, a “BR do Mar”.

Investimentos

Segundo o ministro Costa Filho, a expectativa é de R$ 5 bilhões em investimentos em transporte de carga e pessoas por rios. O governo pretende fazer parcerias público-privadas para desenvolver o modal, tendo como prioridade as hidrovias do Paraguai, Madeira, Barra Norte, Lagoa Mirim, Tapajós e Tocantins.

De acordo com Antunes, o projeto ainda está sendo finalizado, mas a ideia é que as hidrovias sejam cedidas para exploração por empresas sem que sejam aplicadas taxas para o transporte de passageiros.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *