PRIMEIRA MÃO

Governo começa a vacinar professores na segunda-feira para retomar aulas presenciais em formato híbrido na quarta

aula

Números da pandemia tiveram redução de até 87,90% no Amazonas

Relatório de Eduardo Braga garante suspensão dos reajustes dos medicamentos

Omar e Braga lamentam decisão do STF que “blindou” o ex-ministro Eduardo Pazuello

Justiça federal investiga viagens para o interior para furar a fila da vacinação

Decisão do Barezão tem o primeiro round hoje na arena da Amazônia

O Amazonas registra desde o início de fevereiro queda nos números de casos confirmados, hospitalizações e mortes por Covid-19, resultado que pode estar associado ao avanço da campanha de vacinação no estado. A redução de casos confirmados foi de 65,37%. Em janeiro deste ano foram registrados 62.538 novos casos e em abril 21.653. A maior queda foi no número de hospitalizações, que apresentou redução de 87,90%. Foram internadas 7.698 pessoas em janeiro com Covid e em abril foram apenas 932 em todo o Estado. Já o número de mortes teve queda de 86,45%, saindo de 3.624 em janeiro para 491 em abril. Foi com base nesses números que o governador Wilson Lima (PSC) aumentou a flexibilização do funcionamento das atividades. Agora, após receber mais de 200 mil novas doses, o governador vai concentrar a vacinação dos professores para retomar as aulas presenciais em formato híbrido (presencial e on-line). Os professores começam a ser vacinados nesta segunda-feira e as aulas na rede estadual recomeçam na quarta-feira (19).

Pazuello vai ficar calado e frustra CPI

O senador Omar Aziz (PSD-AM), presidente da CPI da Pandemia, lamentou em suas redes sociais, a decisão do ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), que concedeu, na sexta-feira (14), habeas corpus preventivo para que o general Eduardo Pazuello, ex-ministro da Saúde, não responda a perguntas dos senadores. “É uma pena. O Supremo que ordenou que o Senado abrisse a CPI é o mesmo que tira a oportunidade de um ex-ministro da Saúde esclarecer os fatos. E justamente o que mais tempo ficou no Ministério da Saúde durante a pandemia, que poderia ter ordenado a compra de vacinas”, publicou Omar.

Na mesma linha, o senador Eduardo Braga (MDB-AM), também se manifestou, considerando “um erro” o fato de Pazuello recorrer ao STF para ficar calado e ainda não ser preso, em caso de ser flagrado mentindo aos membros da CPI.

Quatro em um

Pazuello ganhou no STF não apenas o direito de não responder as perguntas que possam eventualmente incriminá-lo, mas também o direito de ser assistido por um advogado durante todo o depoimento, “o direito a ser inquirido com dignidade, urbanidade e respeito” e ainda salvo conduto para não ser preso em nenhuma circunstância.
O depoimento do ex-ministro da Saúde está previsto para a próxima quarta-feira (19).

Alfredo pisa do acelerador

O presidente do PL no Amazonas, Alfredo Nascimento, pisou no acelerador da pré-campanha para voltar a ocupar uma cadeira de deputado federal. Só nesta semana recebeu lideranças de 10 municípios do interior, além de Manaus. Tudo postado nas redes sociais. Alfredo quer repetir o resultado de 2014, quando foi o terceiro mais votado do pleito com 116 mil votos. O deputado federal Marcelo Ramos, que teve, em 2020, 106 mil votos, deve ser o outro candidato do partido à Câmara Federal. Nos bastidores políticos a aposta é de que o PL faz apenas um deputado federal.

Eleição acirrada

A eleição para deputado federal promete ser uma das mais acirradas dos últimos tempos. Teremos ao menos 14 candidatos competitivos para apenas oito vagas. Quem também está apostando alto para se eleger deputado federal é o deputado estadual Saulo Viana (PTB). Saulo está direto no interior pavimentando com lideranças e prefeitos seu projeto de chegar a Brasília. Outro que está focado no projeto Brasília é o deputado estadual Fausto Júnior (MDB).

Sinésio pede Defensoria

O deputado estadual Sinésio Campos (PT) defendeu a implantação de um polo da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM), na região do Alto Rio Negro, durante audiência pública proposta por ele, na manhã desta sexta-feira (14), no Ginásio Arnaldo Coimbra de São Gabriel da Cachoeira. Com o apelo, a prefeitura de São Gabriel decidiu doar um terreno à defensoria. A articulação, entre os poderes Legislativo e Executivo, visa descentralizar a atuação da DPE-AM da capital para áreas mais carentes do interior.

Remédios sem reajuste

O relatório do senador Eduardo Braga (MDB-AM), suspendendo o reajuste anual dos medicamentos enquanto o Brasil estiver em pandemia, foi aprovado no Senado Federal por 58 votos a 6. Eduardo comemorou a aprovação destacando que a medida “é uma vitória de todos os brasileiros já penalizados pelos impactos da Covid-19”.

Fura-fila no interior

A Justiça Federal no Amazonas está investigando uma escandalosa denúncia de que pessoas da capital estão viajando para os municípios do interior do Amazonas onde a vacinação dos grupos prioritários está mais adiantada, para “furar a fila” da imunização. A investigação vai fazer inspeções e auditorias nas cidades, começando por Iranduba, para verificar os nomes de todos os vacinados e checar se são moradores ou não.
Em Atalaia do Norte, por exemplo, profissionais da Educação já foram vacinados contra Covid. Em Benjamin Constant a imunização já chegou aos trabalhadores portuários e do transporte coletivo. Parintins está imunizando adultos de 45 a 49, mesmo que não possuam comorbidades.
O Governo do Estado, por meio da FVS-AM, já anunciou total colaboração à investigação.

Decisão do Barezão 2021

Manaus e São Raimundo fazem neste sábado (15), às 16h, na Arena da Amazônia, o primeiro jogo da final do Campeonato Amazonense da Série A 2021. O São Raimundo pode ser Campeão depois de 14 anos de jejum. Já o Manaus busca o tetra. O jogo de volta será no próximo sábado (22) também na Arena da Amazônia. As finais serão transmitidas ao vivo pelo Barezão Play.
Independente do resultado, o São Raimundo já está classificado para a Copa do Brasil, Copa Verde e volta a disputar a série D do Campeonato Brasileiro ao lado do Amazonas FC. Já o Manaus se mantém na série C do Brasileirão e também disputará as copas Verde e do Brasil.


Compartilhe >
Facebook
Twitter
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *