Governo adia outra vez pagamento dos terceirizados da saúde que estão sem salário

O Governo do Estado só vai pagar os salários atrasados de novembro e a segunda parcela do 13º salário deste ano, depois de “11 dias úteis”, o que deve acontecer eventualmente até o dia 8 de janeiro de 2020. A notícia foi divulgada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Santas Casas, Entidades filantrópicas Beneficentes e Religiosas em Estabelecimento de Serviços de Saúde no Amazonas (Sindpriv), segundo divulgou o Portal Mix 18 horas nesta segunda-feira, (23).


De acordo com o Sindpriv, na Circular 004, do dia 20 de dezembro, o sindicato informa que, no dia anterior, encaminhou ofício ao vice-governador, Carlos Almeida Filho (PRTB), para tratar dos pagamentos de novembro e da segunda parcela do 13º salário deste ano. E que, no dia 20, “devido a uma coletiva de imprensa, o vice-governador não pode atender. E que, por solicitação do vice-governador, o Sindpriv foi atendido pelo procurador-geral do Estado, Jorge Pinho, e por dois secretários executivos da Secretaria de Estado da Saúde (Susam), identificados na nota como João Paulo e Sr. Julio”.


Em todo o Estado do Amazonas, médicos, enfermeiros e demais servidores estão com salários atrasados. Na semana passada, o Jornal Nacional, da Rede Globo de Televisão informou, que, o atraso no pagamento de salários de servidores terceirizados agravou a crise na saúde pública do Amazonas. A reportagem mostrou ainda que a crise chegou aos pronto-socorros de Manaus, onde pacientes informaram que estão faltando medicamentos básicos, o que obriga os familiares a comprar.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *