PRIMEIRA MÃO

Geraldo Alckmin diz que nome do superintendente da Suframa sai nos próximos dias (ver vídeo)

Vice-presidente e ministro da Indústria e Comércio, Geraldo Alckmin (Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil)

Arthur Neto aposta na tática de Bolsonaro para se manter vivo na política

A disputa entre o deputado Amon Mendel e o senador Plínio Valério

Empresa busca parceria com Universidade para viabilizar de exploração de mina no Amazonas

Mudança na direção nacional do Sebrae pode mudar diretoria do sistema no Amazonas

Amazonas Energia vai partir para o confronto na Justiça

Exército, Funai e Ibama iniciam operação no Vale do Javari

Concurso de Coari está liberado pelo Tribunal de Contas

Festival de Parintins define Comissão Organizadora e Julgadora

Por Claudio Barboza e Solange Elias, com editorias do Único

Nome para a Suframa

O vice-presidente da república Geraldo Alckmin disse ao ÚNICO ontem (27), em Brasília, que a nomeação do novo superintendente da Suframa sairá em breve, mas não quis antecipar nomes. “Vamos aguardar”, disse. O nome mais cotado para assumir a função e com apoio da bancada federal do Amazonas é o do ex-deputado federal Bosco Saraiva (Solidariedade). Veja o vídeo com a entrevista de Alckmin no final desta coluna.

Centro de Biotecnologia

Alckmin disse também que “nos próximos dias” sai o decreto que vai autorizar o MDIC a assinar o contrato de gestão com a Fundação Universitas de Estudos Amazônicos (Fuea), organização social que vai gerenciar o Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA), que foca na bioeconomia como uma nova matriz econômica a ser explorada na Amazônia.

Arthur tenta sobreviver nos bastidores

Sem mandato e sem partido, o ex-prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, tem se dedicado às redes sociais, principalmente ao twitter, onde tem feito postagens regulares. Tem seguido a cartilha de Bolsonaro, onde a tática é buscar confrontos a fim de garantir audiência. Nem seu antigo companheiro de partido, Geraldo Alckmin, na visita que fez a Manaus na sexta-feira (24), escapou de ataques do ex-prefeito.

Disputa entre Amom x Plínio

Cidadania e PSDB formalizaram uma Federação e com isso vão ter que escolher um único candidato a prefeito nas eleições de 2024. O deputado federal Amom Mandel, do Cidadania, tem interesse em ser candidato e Plínio Valério, do PSDB, também alimenta essa expectativa. A decisão vai ser da direção nacional dos dois partidos.

Parceria para exploração de mina em Autazes

O reitor da Universidade Federal do Amazonas, Sylvio Puga, assinou um Protocolo de Intenções com o presidente da Potássio do Brasil, Adriano Espeschit, a fim de realizar ações para a gestão do Programa Autazes Sustentável. O foco é implantar projetos socioeconômicos e ambientais no município de Autazes, buscando minimizar os possíveis impactos na extração do fertilizante cloreto de potássio, no município de Autazes,111 km de Manaus. A atividade tem grande importância econômica e está sendo acompanhada de perto pelo Ministério Público Federal.

Demarcação de terras indígenas

Em ação movida pelo MPF para garantir os direitos dos indígenas no território das minas de potássio em Autazes, a Diretoria de Proteção Territorial da Funai informou que a partir desta semana realizará a qualificação da reivindicação fundiária da Terra Indígena Soares/Urucurituba, em Autazes. É o primeiro passo para a demarcação definitiva.

Mudança no Sebrae

Na quinta-feira (30) o Sebrae deve mudar a sua presidência nacional. O atual dirigente Carlos Melles, que é muito próximo do ex-presidente Bolsonaro, deve ceder espaço para alguém mais alinhado ao Governo Lula. A mudança pode atingir também a direção do Sebrae no Amazonas, atualmente ocupada por Ananda Carvalho Normando Pessoa, que é ligada a Roberto Tadros, presidente da Confederação Nacional do Comércio.

Medidores aéreos

Aprovada por unanimidade na Câmara Municipal nesta segunda-feira, a lei que proíbe a instalação de medidores aéreos em Manaus, por poluição visual, vai ser questionada judicialmente. Por meio de nota, a Amazonas Energia afirmou que “é inconstitucional toda e qualquer lei que verse sobre a proibição de medidores SMC”.

Exército no Vale do Javari

Começou no Vale do Javari a Operação Jacuixito, uma mega mobilização de órgãos de fiscalização que vai fazer patrulhamento fluvial, patrulhamento da BR-307, controle de pontos críticos, ações cívico-sociais e ações policiais nas fronteiras, nos municípios de Atalaia do Norte, Benjamin Constant, Tabatinga e São Paulo de Olivença. Reunindo Exército Brasileiro, Ibama, Funai e órgão de segurança, a operação vai fiscalizar uma área maior que Portugal. Jacuixito é o acrônimo dos rios Javari, Curuçá, Ituí, Itaquaí e Quixito, que serão vasculhados.

Concurso liberado

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM) liberou a realização de concurso para contratação de professores e pedagogos da Prefeitura de Coari. O certame estava suspenso por várias irregularidades. Segundo o TCE, elas foram sanadas pela prefeitura do município.

Comissões do Festival são nomeadas

Já foram nomeados os membros da Comissão Organizadora e Comissão de Escolha dos Jurados do 56° Festival Folclórico de Parintins. A Comissão Organizadora é composta por representantes do Poder Executivo Estadual, representantes do Poder Público Municipal e representantes dos bumbás Caprichoso e Garantido. Já a Comissão de Escolha dos Jurados será presidida pelo controlador-geral adjunto de Parintins, o advogado Hudson Correa Lopes, que terá como colaboradores Joel dos Santos Braga e Agenor Dinelly.


Compartilhe >
Facebook
Twitter
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *