Garimpeiros deixam Autazes na madrugada; rio amanhece sem embarcações

Vereador lamenta a retirada das balsas e fala em aquecimento da economia

Informações iniciais apontam que a operação das forças de segurança já chegou ao local

Solange Elias
Para o Portal ÚNICO

O vereador do município de Autazes, Renê Melo (Progressistas) acabou de confirmar ao Portal ÚNICO que as balsas de garimpo que estavam estacionadas na região da Comunidade do Rosarinho, entre Autazes e Nova Olinda do Norte deixaram o local. O vereador enviou ao portal uma foto de uma embarcação com equipes das tropas de segurança e um vídeo em que os tripulantes de uma lancha comentam: “nossos irmãos foram embora. Foram embora todos! Olha o Rosarinho de novo!”.

Veja aqui o vídeo:

Economia aquecida

O vereador Renê Melo apontou que a retirada dos garimpeiros não é apoiada pelos comerciantes da cidade que tiveram um crescimento exponencial em suas vendas, no período em que as balsas estiveram estacionadas.
Segundo Renê, toda quantidade de refeições produzidas eram vendidas imediatamente, e também equipamentos, roupas e maquinário. “Um x-salada que em Autazes custa 3 a 4 reais, lá era vendido por 10 reais”, exemplificou.

Mais de 40 anos

Na defesa da atividade do garimpo de aluvião, Melo apontou também que “há mais de 40 anos essas balsas sobem e descem o rio Madeira. Eles estiveram em Borga durante dois anos e oito meses e ninguém nem soube”, disse ele ao ÚNICO. Segundo o vereador, o discurso de envenenamento das águas por mercúrio não é reflete a realidade. “Ninguém joga mais mercúrio fora há muito tempo. Eles reaproveitam tudo! Não tem contaminação, senão já teria gente contaminada há 40 anos”, argumentou.

Pais de família

“Eu fui pessoalmente aos flutuantes e verifiquei que não há prostituição ou drogas. A maioria é composta de pais de família. Tem casas em cima das dragas”, disse ele. “O garimpeiro está vivendo uma fase em que os fenômenos naturais como a supercheia e a seca não deixaram ele plantar e precisam sobreviver”, completou Renê Melo.
Mais informações em instantes aqui no ÚNICO.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *