Funcionários da Sepror falam sobre demissões e dizem que secretário pode sair

O Governo Wilson Lima nega a intenção de fazer mudanças na Secretaria de Produção Rural (Sepror) mas desde a semana passada, movimentos relacionados ao setor estão inquietos e temem pela saída do atual secretário Petrúcio Magalhães Junior, que não estaria tão próximo de Wilson.
O Blog da jornalista Rosiene Carvalho, noticiou nesta segunda-feira (11) que funcionários da Sepror sob a condição de anonimato, disseram que funcionários experientes da secretaria estão para serem substituídos por outros sem a mesma capacidade técnica necessária.

Lista de demitidos

Segundo a informação dos servidores, a lista de demissão chegaria a 113 e entre os nomes dos prováveis substitutos que serão contratados, estariam na lista nomes de filhos de autoridades locais e pessoas com formação diversificada e incompatível com o setor primário.
Os funcionários mais antigos do setor primário atribuem a situação a uma fragilidade do secretário da Sepror, Petrucio Magalhães Júnior. Eles afirmam que pessoas de outros setores foram acionados pra tentar impedir as trocas, tendo em vista que o titular da pasta não teria força política no governo Wilson Lima.
O governo Wilson Lima não se manifestou oficialmente a respeito do assunto, enquanto fontes ligadas a Casa Civil, negam que a mudança de comando na Sepror seja uma pauta atual.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *