Fiscalização multa festa clandestina em R$ 30 mil e fecha cinco bares

A festa clandestina denominada “Baile do RD”, que reunia aproximadamente 200 pessoas, ocorria em um galpão, na rua Halesia, bairro Colônia Terra Nova, na zona norte. Uma multa de R$ 28,7 mil foi aplicada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmas).

Estabelecimentos descumpriam as normas de segurança e permitiam aglomeração

Equipamentos de som foram apreendidos e responsáveis levados à delegacia

Entre a noite de sexta-feira e a madrugada deste sábado (8), cinco estabelecimentos foram fechados por descumprimento das medidas de prevenção à Covid-19 pela Central Integrada de Fiscalização (CIF).

A festa clandestina denominada “Baile do RD”, que reunia aproximadamente 200 pessoas, ocorria em um galpão, na rua Halesia, bairro Colônia Terra Nova, na zona norte. Uma multa de R$ 28,7 mil foi aplicada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmas).

O organizador do evento clandestino e outros cinco adolescentes foram conduzidos ao 6° Distrito Integrado de Polícia (DIP), na Cidade Nova, onde assinaram Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por desobediência de medida sanitária. Os responsáveis pelos adolescentes foram acionados para a liberação dos jovens.

No mesmo período a CIF fechou cinco estabelecimentos por descumprimento das medidas de prevenção à Covid-19.
Um dos locais fiscalizados foi o Boteco do Edu, no bairro Centro, zona sul, que foi interditado por aglomeração. Outro bar na rua Lobo D’Almada foi notificado pelo Corpo de Bombeiros por apresentar irregularidades.
Na avenida do Turismo, o bar do Cajueiro foi multado pela Semmas por não apresentar licença para uso de equipamento sonoro.
De acordo com o coordenador da operação, capitão Renan Libório, a CIF recebeu diversas denúncias na zona oeste e zona norte e todas foram verificadas.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *