Feira do Polo Industrial de Manaus em Brasília

Evento acontece nos dias 7,8 e 9 dessa semana

Programação terá palestras, estandes e venda de artesanato e produtos regionais

Valéria Costa
Correspondente

Brasília (ÚNICO) – Está tudo pronto para o início da segunda edição da Feira de Sustentabilidade do Polo Industrial de Manaus (FesPIM), que começa na próxima terça-feira (7), em Brasília, e se estende até o dia 9.
O evento, que acontece no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, no Plano Piloto, tem a responsabilidade de divulgar e desmistificar o Polo Industrial de Manaus para o Brasil e o mundo e mostrar que o modelo econômico da região é o principal responsável por manter a floresta em pé.

Bosco Saraiva fala da potencialidade da FesPIM

Para o superintendente da Zona Franca de Manaus, Bosco Saraiva, a FesPIM pretende auxiliar na inversão da dinâmica comunicativa sobre a ZFM entre o Amazonas e o restante do país e do mundo.
“Nós estaremos, pela primeira vez, com as empresas instaladas no Polo Industrial. Levaremos o CBA, a UEA, os resultados da Lei de Informática, para que possamos apresentar, ao Brasil, todo potencial da Zona Franca de Manaus. O que este projeto de desenvolvimento fez de bem. Vamos fazer uma ‘superfeira’, diferente das que eram realizadas em Manaus. Será o início de um processo novo de comunicação para o Brasil sobre o que é a ZFM”, afirma o dirigente.

A pauta é Sustentabilidade

Um dos promotores da feira de sustentabilidade, o Instituto Piatam vai encabeçar uma mesa-redonda para debater a economia e a preservação ambiental da região, comandada por seu presidente, Alexandre Rivas.
O dirigente explica que a FesPIM tem um papel relevante na divulgação sustentável da Zona Franca, uma vez que este polo fabril é muito conhecido apenas por produzir bens duráveis, como motocicletas e televisores. Mas o legado é muito maior e com grande apelo ambiental.
“O nosso povo está numa área de 2% a 3% do Estado, que é a capital do Amazonas, Manaus. E ele está lá produzindo em quase 500 indústrias, com mais de 120 mil empregos gerados, sendo a quinta maior economia do país. Queremos divulgar isso por meio da FesPIM e nossos debates serão essenciais para tal feito”, disse Alexandre Rivas.
Durante a programação, o público também poderá visitar estandes sustentáveis, adquirir artesanatos e produtos regionais com isenção de impostos. A programação contará, ainda, com palestras voltadas para a sustentabilidade. Os palestrantes irão interagir com o público, esclarecendo dúvidas e ouvindo sugestões


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *