PRIMEIRA MÃO

Falta verde no coração da Selva de Pedra

Com sua selva de pedra, Manaus não está nem entre as 10 cidades mais arborizadas do país (Foto: Reprodução)

As cidades mais arborizadas do Brasil

Roberto Cidade diz a empresários da PanAmazônia que tem projeto para desburocratizar prefeitura

Secretaria de Saúde Indígena no Amazonas recebe frota de veículos do Governo Lula

Suframa recebe prêmio em Brasília

Alberto Neto concentra atenção máxima no mundo digital

Dia Mundial sem Imposto acontece na quinta

Projeto revive o ciclo da borracha no Amazonas

Petrobras reduz o preço da querosene e, em Manaus, postos aumentam o da gasolina

Grupo Jurubebas apresenta espetáculo gratuito no Teatro Buia, hoje

Por Claudio Barboza e Solange Elias, com editorias do Único

A falta do verde em Manaus

Neste 5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente, Manaus não tem o que comemorar. Em plena selva amazônica, a capital amazonense não está nem entre as dez capitais brasileiras mais arborizadas. Em março deste ano, Goiânia, que tem mais de 1 milhão de árvores, ganhou o título de Cidade Arborizada do Mundo, concedido pela ONU, reconhecimento que é dado aos municípios que mais investem em programas para criar e manter áreas verdes dentro do ambiente urbano.

As dez mais arborizadas do Brasil

Cidades reconhecidas do Brasil pelo programa Tree Cities of the World (tradução livre Cidades Árvore do Mundo), como as mais arborizadas do país: Rio de Janeiro, Niterói, Hortolândia, Fortaleza e Ribeirão Preto. Cidades que se destacam pelo esforço em aumentar a cobertura verde: Fortaleza, João Pessoa, Recife, Campo Grande e Niterói.

Roberto Cidade apresenta proposta a empresários

O pré-candidato a prefeito de Manaus, Roberto Cidade, disse a empresários da Associação PanAmazônia que uma de suas propostas é desburocratizar a retirada de alvará, a fim de atrair investimentos. “Muita gente desiste de montar um negócio por causa da burocracia”, disse Cidade ao grupo de aproximadamente 60 empresários que participaram do encontro. A PanAmazônia foi criada em 2010 e possui integrantes no Amazonas, Acre, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima, Bolívia e Guiana.

Saúde Indígena recebe atenção

A Secretaria de Saúde Indígena, recebeu ontem (4) uma frota de veículos novos composta por 24 picapes. Vão atender a CASAI Manaus (Casa de Saúde Manaus) que acolhe pacientes indígenas de sete distritos do Amazonas, de Roraima, Acre e Rondônia. A coordenação local agradeceu a ministra da saúde, Nísia Trindade, ao senador Eduardo Braga e ao deputado Sidney Leite, além do secretário da SESAI, Weibe Tapeba, que participaram do processo que viabilizou os veículos.

Prêmio da Suframa

A Suframa recebeu um prêmio do Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos, em reconhecimento às contribuições prestadas para a organização do 19º Fórum Regional de Fortalecimento da Rede de Parcerias – Etapa Amazonas – ocorrida em maio do ano passado. O prêmio foi recebido pelo Superintendente Adjunto de Desenvolvimento e Inovação Tecnológica, Waldenir Vieira, em Brasília.

Alberto Neto mira o mundo digital

O pré-candidato a prefeito pelo PL, Alberto Neto aumentou a sua participação no mundo digital, reforçando postagens nas redes sociais.

Novo ciclo da borracha

Pelo menos 15 municípios do Amazonas estão na lista de um projeto que envolve desde o governo do Pará até o WWF, que estimula a volta da extração do látex da seringueira para fabricação de borracha natural. O projeto já se desenvolve no Pará e, desta vez, tem uma pequena alteração no modelo: os compradores pagam não apenas pela matéria-prima, mas também pelo serviço ambiental prestado.

Sobe e desce dos combustíveis

A Petrobrás anunciou a redução do preço do querosene de aviação em 7.6% para as distribuidoras. O que não significa necessariamente redução no valor que é comercializado, porque quem faz o preço são as distribuidoras. Mas é uma esperança para as companhias aéreas e, por extensão, para os passageiros de voos. Em movimento contrário, os postos de gasolina de Manaus aumentaram a gasolina de R$ 6,29 para R$ 6,59, “sem justificativa”, disse o diretor do Procon.

Teatro “O Morro do Bode Selvagem”

Nesta quarta-feira (5) o Grupo Jurubebas de Teatro vai apresentar “O Morro do Bode Selvagem”, às 19h, no Buia Teatro (rua Dona Libânia, 300 – Centro). A entrada é gratuita.

FALE CONOSCO

Solange Elias (EDITORA)
(92) 99105-7388

Guilherme Martins (TI/COMERCIAL)
(92) 98638-5707

CEO: Claudio Barboza
(92) 99116-1777


Compartilhe >
Facebook
Twitter
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *