Estados decretam emergência por causa da dengue

Distrito Federal também assinou decreto

Amazonas recebe vacinas nesta semana

Fábio Rodrigues
Especial para o ÚNICO

Brasília (ÚNICO) – Os estados do Acre, Minas Gerais e Goiás e o Distrito Federal decretaram situação de emergência por conta da explosão da dengue. A cidade do Rio de Janeiro também adotou a iniciativa.

Os estados

A Secretaria de Saúde de Goiás registrou 22.275 casos de dengue e duas mortes no estado – um aumento de 58% na comparação com o mesmo período de 2023.

Em Minas Gerais foram registrados 64.724 casos prováveis e 23.389 casos confirmados da doença, além de um óbito confirmado e 35 em investigação.

O estado do Acre contabilizou 2.532 notificações de casos de dengue. A capital, Rio Branco, lidera o quantitativo de casos.

Rio de Janeiro

Além das quatro unidades federativas, a cidade do Rio de Janeiro também declarou emergência em saúde pública em razão da dengue. O decreto foi publicado nesta segunda-feira (5), em meio a 20.064 casos prováveis da doença contabilizados até 1º de fevereiro.

Vacina chega ao Amazonas

O Estado do Amazonas começa a receber as primeiras doses de vacina contra a dengue nesta semana, segundo anunciou o Ministério da Saúde. São 11 cidades do interior e ainda a capital, Manaus, listadas para receber o imunizante Qdenga do laboratório japonês Takeda.

No final de janeiro os casos de dengue no Amazonas subiram 1.738% entre janeiro de 2023 e janeiro de 2024. No início deste ano de 2024 já foram registrados 4 mil casos de dengue em todo o Estado.

Os 12 municípios do Amazonas que irão receber a vacina contra a dengue são: Manaus, Iranduba, Presidente Figueiredo, Rio Preto da Eva, Barcelos, São Gabriel da Cachoeira, Careiro, Nova Olinda do Norte, Manaquiri, Santa Isabel do Rio Negro, Autazes e Careiro da Várzea.

Com informações da Agência Brasil


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *