Empresa da Zona Franca vai produzir embalagens biodegradáveis

A Walff Industrial anunciou investimentos de R$ 250 milhões

Superintendente da Suframa Bosco Saraiva conheceu detalhes da empresa

A Suframa realizou visita técnica na Walff Industrial, fabricante dos produtos da empresa Aliprot. A Walff é especializada na produção de embalagens plásticas flexíveis, voltadas à indústria de alimentos.

Durante a visita, realizada na quarta-feira (10). a empresa apresentou projetos de sustentabilidade, como a implementação da produção de embalagens perecíveis e biodegradáveis.

Equipe técnica da Suframa

Em reunião com os diretores da empresa, Fernando Verdura, Felipe Eduardo e Adilson Patarro, o superintendente da Suframa, Bosco Saraiva, viu conheceu um breve histórico, detalharam o processo produtivo e expuseram os planos de expansão.

Compostos termoplásticos

A Aliprot é especializada na transformação de compostos termoplásticos.
O processo de extrusão utilizado na produção converte resinas certificadas em filmes técnicos flexíveis, atendendo aos padrões mais rigorosos da indústria alimentícia.

“A Aliprot – cujo nome remete à proteção dos alimentos – orgulha-se de possuir selos e certificados que asseguram a excelência em seus processos de produção e a qualidade de seus produtos”, salientou Fernando Verdura.

Novos investimentos

Os diretores da Walff ressaltaram que planejam investir mais de R$ 250 milhões na nova planta fabril para a produção de embalagens biodegradáveis e perecíveis em substituição ao plástico.
No investimento estão inclusos a aquisição do terreno onde funcionou a sede campestre do Luso Sporting Club, situado no quilômetro 2, da rodovia BR-174, e os equipamentos robotizados de origem italiana e alemã.

“Seremos a primeira fábrica da América Latina a produzir embalagens rígidas biodegradáveis de polpa de celulose. Em países da Europa, já é obrigatória a utilização de plásticos de base biológica, plásticos compostáveis e plásticos biodegradáveis. Acreditamos que, devido à maior conscientização ambiental, essas normatizações também serão adotadas no Brasil”, observou Verdura.

Bosco destaca ações inovadoras

Ao final da visita, Bosco Saraiva expressou sua satisfação com as práticas inovadoras da Aliprot, destacando a importância de empresas comprometidas com a qualidade, a sustentabilidade e o desenvolvimento econômico regional.

“Esta é a primeira visita do ano da Suframa a uma fábrica de Manaus. Queremos seguir com nossa agenda de visitas para reforçar parceria entre a Suframa e as empresas locais, para junto ao setor produtivo fortalecer a imagem do parque fabril manauara como um polo industrial de referência no país”, frisou.

Acompanharam o superintendente Bosco Saraiva, pela Suframa, os superintendentes-adjuntos Executivo, Luiz Frederico Aguiar; de Projetos, Leopoldo Montenegro; de Administração, Carlito Sobrinho, além do gerente de Projetos da Superintendência Adjunta Executiva, Ozenas Maciel.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *