Dragas do garimpo ilegal rumam para o Pará

Superintendente do Ibama-AM mostra o deslocamento

No Amazonas foram destruídas 480 balsas garimpeiras este ano

O superintendente do Ibama no Amazonas, Joel Araújo, que é parintinense, registrou em suas redes sociais a migração de balsas pelo Paraná do Espírito Santo em Parintins, local onde eu nasci e cresci. “Pelo que parece, estariam em deslocamento rumo ao Pará”, descreveu ele. “Provavelmente fugindo das operações do Ibama no Amazonas”, completou.
Segundo Araújo, já foram destruídas 480 dragas usasas no garimpo ilegal, neste ano. A atividade de garimpo não tem licença autorizada, garante ele.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *