PRIMEIRA MÃO

Direita do Amazonas corre atrás de espaço

Alfredo Menezes e Alberto Neto estão de olho no cargo de prefeito, nas eleições de 2024 (Foto: Divulgação)

Comissão marca data para escolha da nova direção do Inpa

Lula coloca militares na linha de frente ao combate aos garimpos

Sidney Leite conversa com ministra sobre economia sustentável

Conheça 3 pontos básicos da reforma tributária que garantem a ZFM até 2073

Deputados e vereadores fiscalizam preços abusivos e maus serviços no festival do CSU do Parque 10

Projetos sugerem proibição de menores na Parada Gay

Parque do Idoso apresenta seu arraial nesta sexta-feira

Por Claudio Barboza e Solange Elias, com editorias do Único

Direita do Amazonas busca alternativas

A saída de Bolsonaro e o desgaste pelo qual ele vem passando, com a possibilidade de se tornar inelegível pelos próximos anos, mexe com as projeções da direita no Amazonas. O núcleo central da direita está no PL mas há um bate cabeça entre os integrantes, numa disputa crescente entre o deputado Alberto Neto e o ex-candidato a senador, Alfredo Menezes. Ambos se movimentam de olho nas eleições 2024.

A corrida dentro do PL

Alberto Neto trabalha com duas possibilidades: ser candidato ou negociar um cargo de vice, preferencialmente com o prefeito David Almeida. Já Menezes só joga com a primeira possibilidade, mas a cada dia tem menos peso nessa disputa, pois não tem mandato e depende integralmente de Bolsonaro, hoje muito ocupado em salvar o próprio pescoço.

Escolha da direção do Inpa

Nesta sexta-feira (23), a Comissão de Busca, presidida pelo professor Eron Bezerra, vai se reunir no Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia para analisar o Edital de escolha do novo diretor do Inpa. Não haverá eleição, somente consulta pública na forma de oitiva com a participação da comunidade científica. A Comissão pretende concluir as oitivas até final de julho, quando enviará uma lista tríplice com os nomes selecionados para ministra de estado da ciência, tecnologia e inovação, Luciana Santos.

Militares contra garimpo

O presidente Lula assinou decreto, definindo nova atribuições aos militares no combate ao garimpo em áreas de proteção e reserva dos yanomami: agora os militares estão autorizados a usar poder bélico nessas ações.

Sidney Leite encontra Marina Silva

O deputado federal Sidney Leite (PSD) reuniu-se com a ministra Marina Silva para tratar de assunto específico sobre a economia sustentável no Amazonas. Segundo o deputado, Marina mostrou-se aberta para as parcerias visando o desenvolvimento da bioeconomia. Sidney observou: “é importante que o Governo do Amazonas faça o dever de casa, investindo em projetos técnicos e viáveis”, disse.

Três pontos para a Zona Franca

Ficou assim a situação da Zona Franca de Manaus, no primeiro esboço da reforma tributária, elaborado ontem em Brasília: a ZFM fica garantida até 2073 – como prevê a Constituição Federal – sob 3 novos mecanismos. O primeiro é a criação de um Imposto Seletivo (em substituição ao IPI) para bens produzidos no Polo Industrial de Manaus, caso exista a fabricação desses mesmos produtos em outras regiões do país.

Alíquotas e transição

O segundo mecanismo é a possibilidade de alterações de alíquotas e nas regras de creditamento dos novos tributos previstos (CBS federal e IBS de estados e municípios) e, por fim, o governo federal buscará criar um modelo de transição para a Zona Franca. O governador Wilson Lima aprovou a ideia.

Festival do Parque 10

O assunto tomou conta do plenário da Assembleia Legislativa a semana inteira: os preços abusivos, desorganização e maus serviços prestados no Festival Folclórico do CSU do Parque 10. O deputado Roberto Cidade assumiu a bronca e foi pessoalmente constatar se as denúncias procediam. Em conversa com os permissionários e barraqueiros, Cidade e o presidente da Comissão do Consumidor, deputado Mário César, descobriram que as taxas cobradas variam de R$ 1.500 a R$ 2.200; o uso dos banheiros custa R$ 2 e a segurança privada R$ 10 por noite.

Vereador denuncia

O vereador Rodrigo Guedes também denunciou muitas irregularidades no festival – começando pela derrubada das grades do local para montagem de um estacionamento pago, que até hoje não se sabe quem fez. Guedes diz que toda a montagem do festival pertence a uma empresa privada.

Projetos excluem menores da Parada LGBT

O vereador evangélico Raiff Matos (DC) e o deputado estadual Delegado Péricles (PL) apresentaram projetos para evitar a presença de crianças e adolescentes na “23ª edição da Parada do Orgulho LGBTQIAP+”, programada para ocorrer no mês de agosto. Raiff entregou ao Juiz de Direito da Infância um ofício solicitando análise e providências para a expedição de portaria normativa regulamentando a faixa etária mínima. O Delegado Péricles usou a tribuna para esclarecer: “Nada contra os adultos que gostam de participar, mas as nossas crianças não! Assim como não é permitido a crianças e adolescentes consumirem bebidas alcoólicas, por exemplo”, disse ele.

Arraial no parque do idoso

O ‘Parque na Roça 2023’, arraial do Parque Municipal do Idoso (PMI), Zona Centro-Sul de Manaus, será aberto nesta sexta-feira (23) a partir das 15h. A festa terá danças folclóricas, comidas típicas e espaço kids, com entrada gratuita.

FALE CONOSCO

Solange Elias (EDITORA)
(92) 99105-7388

Guilherme Martins (TI/COMERCIAL)
(92) 98638-5707

CEO: Claudio Barboza
(92) 99116-1777


Compartilhe >
Facebook
Twitter
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *