Desfile de moda em Parintins une ancestralidade e arte

Artista Roberto Batista expõe suas criações

Peças são baseadas na cultura afro e na indígena

O artista e gestor cultural, Roberto Batista, vai realizar em Parintins, uma exposição de 20 de suas criações de figurinos e indumentárias produzidas nos últimos anos, no desfile “Encantaria – intervenções da moda étnica”. A mostra vai entrar em cartaz na sexta-feira (21), no Mercado Leopoldo Neves, em Parintins.

Raízes no Candomblé e no bumbá

Adepto do Candomblé e também artista das tradições do Boi Bumbá, Roberto Batista uniu suas duas paixões em trabalhos criados dentro da estética do circuito bovino, mas outros saem desse padrão. Ele mescla na coleção peças que mostram a ancestralidade afro, mas também a ancestralidade indígena.

“É a minha forma de falar da minha arte e homenagear meus ancestrais”, explicou o proponente, que realiza uma releitura do universo das encantarias, por meio da moda.

Materiais apresentados

“Povo da mata”, “Fios e contas”, “Penachos”, “Paramentas” e “Terreiro” são os nomes escolhidos para demarcar os grupos das 20 peças confeccionadas por Roberto Batista, que utilizou materiais convencionais e também alternativos, como: sementes, fios, contas e penas.

“Estamos propondo mostrar à cidade, a produção do que fazemos e podemos fazer, trazendo uma linguagem do desfile de moda”, reforçou ele, completando que a intérprete de libras terá um acessório específico mostrando a interação de moda, arte e inclusão.

Ao final do projeto, a ideia é criar um catálogo de moda, composto pelas coleções apresentadas na passarela, após o desfile.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *