Delegação do Canadá quer saber sobre a Zona Franca

Direção da Suframa apresenta as vantagens de investir na região

Autarquia tem interesse em atrair empresas canadenses

A Suframa recebeu, na manhã desta terça-feira (23), a visita institucional do conselheiro Comercial e Econômico e delegado comercial principal da Embaixada do Canadá no Brasil, Stanley Gomes.

O representante canadense queria conhecer melhor o funcionamento da Zona Franca de Manaus (ZFM), os incentivos tributários do projeto e, principalmente, explorar possibilidades de atração de empresas do Canadá para a região.

O conselheiro foi recebido pelo superintendente da Suframa, Bosco Saraiva, e pelo superintendente adjunto-executivo, Frederico Aguiar, que fizerem uma apresentação sobre o papel estratégico da Suframa, a operacionalidade da Zona Franca de Manaus, e os funcionamentos das Áreas de Livre Comércio (ALCs) e dos incentivos específicos da Amazônia Ocidental (AMOC), além da Lei de Informática da ZFM.

Investimentos do Canadá

O diplomata informou que está pela primeira vez no Amazonas e, desde a semana passada, cumpre agenda de compromissos de negócios em Manaus. Stanley Gomes também afirmou não possuir informações anteriores sobre a ZFM.

“Essa reunião marca, assim, um passo para o processo de estabelecimento de uma colaboração frutífera entre a região e empresas canadenses. A Suframa tem total interesse em fomentar parcerias internacionais que contribuam para o desenvolvimento econômico e a geração de empregos na região. O diálogo continua aberto, e a expectativa é que esse encontro sirva como ponto de partida para futuras iniciativas conjuntas entre a Zona Franca de Manaus e o Canadá”, frisou Bosco Saraiva*


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *