David Almeida denuncia áudio falso na Polícia Federal

Delegado diz que duas pessoas já foram identificadas

”Não existe anonimato na internet”, aponta delegado Umberto Ramos

Solange Elias
Da redação do ÚNICO

O prefeito David Almeida foi pessoalmente à sede da Polícia Federal nesta sexta-feira (22) para denunciar a divulgação de um áudio em que ele supostamente xingava professores da rede municipal de ensino de “vagabundos” e dizia que eles queriam “um dinheirinho de mão beijada”.

O prefeito identificou que o áudio foi produzido a partir de Inteligência Artificial (AI), um programa que simula a voz de pessoas e distribuído fartamente por meio das redes sociais, e levou o caso para a Polícia Federal.

David Almeida destacou que jamais faria um ataque a professores, a quem ele afirmou ter “grande admiração e respeito”.

Sem anonimato

O superintendente da Polícia Federal no Amazonas, delegado Umberto Ramos, disse na coletiva, que já tem informações da perícia tecnológica da PF e que duas pessoas já foram identificadas. Elas serão chamadas para depor e se explicar.

“Quero deixar claro que não existe anonimato na internet”, disse o delegado. “Os autores serão identificados e punidos”.

Perícia aponta montagem

O áudio foi analisado pela perícia da Polícia Federal e identificada montagem, reunindo falas antigas do prefeito e também adicionando novas frases produzidas por Inteligência Artificial. “Podemos afirmar de forma categórica que foi uma montagem”, disse um dos peritos.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *