David Almeida aponta melhorias na mobilidade urbana de Manaus

Prefeito faz balanço de obras, segurança e veículos

Programa Asfalta Manaus recuperou 2.794 ruas na capital

Construção de viadutos, alargamento e recapeamento de vias, ônibus novos, criação de novos terminais, passe livre estudantil. Em três anos e seis meses da gestão David Almeida, Manaus recebeu ações para melhoria da mobilidade urbana que impactam diretamente no trânsito e transporte da cidade.

“Nós herdamos problemas históricos de mobilidade, mas com muito trabalho e investimentos estamos conseguindo contornar esses problemas. Hoje, não se ouve mais falar sobre os “Transformers”, que eram os ônibus danificados no meio da rua, isso porque a nossa gestão colocou mais de 300 ônibus novos em circulação, o que reflete não só na qualidade do transporte, mas também na melhoria de vida dos usuários, já que a maioria dos ônibus novos tem ar-condicionado”, destacou o prefeito David Almeida.

Veja o balanço do setor, divulgado pela prefeitura:

Ônibus

Segundo o Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), a prefeitura já entregou, nos últimos três anos e cinco meses, 368 ônibus novos, entre veículos com ar-condicionado e elétricos. No início da administração atual, Manaus possuía somente 18 ônibus com ar-condicionado, hoje, 35% da frota de 1.114 veículos possui refrigeração.

Terminais

Os investimentos em transporte também estão presentes nas revitalizações concluídas nos Terminais de Integração 1 e 2. Já o T3 está com reforma em andamento e o T4 recebeu revitalização de toda iluminação, estrutura física e nova identidade visual. O próximo terminal a receber requalificação será o T5.

Além dos terminais já existentes, novas estruturas estão sendo construídas ou readequadas em parceria com o governo do Amazonas. É o caso do T7, na avenida Torquato Tapajós, que está em fase final de construção, e o T6, no bairro Lago Azul, que está passando por intervenções para abrigar a rodoviária de Manaus e também funcionará como terminal de integração, contemplando algumas linhas do transporte público da zona Norte, e entorno de bairros próximos, como Viver Melhor e Santa Etelvina.

Segurança

A sensação de segurança nos ônibus também foi ampliada, com 80% dos veículos equipados com câmeras de monitoramento e com a Guarda Municipal, por meio da Ronda Municipal (Romu) realizando blitz nos terminais e veículos para coibir assaltos.

“Nunca se investiu tanto em transporte como se tem investido agora. E não é só em infraestrutura. Em parceria com o governo do Amazonas nós implementamos o Passe Livre Estudantil, uma demanda histórica dos estudantes da rede pública de Manaus. Hoje, mais de 170 mil estudantes da rede municipal e estadual vão e voltam para a escola sem pagar pela passagem do ônibus”, explicou o diretor-presidente do IMMU, Paulo Henrique Martins

Viadutos e asfalto novo

Com o programa “Asfalta Manaus”, 2.794 ruas já foram recuperadas pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) em parceria com o governo do Amazonas. Na zona Norte, 751 ruas foram asfaltadas; na zona Leste, 407; na zona Sul, 325; na zona Oeste, 471 vias foram contempladas; na zona Centro-Oeste, 438; na zona Centro-Sul, 402 ruas foram asfaltadas. E com a chegada do “verão amazônico”, mais ruas estão sendo recapeadas na cidade.

Junto com o asfalto novo, vieram também novas soluções viárias, como o complexo viário Prefeito José Fernandes, na rua Barão do Rio Branco, perpendicular à avenida Governador José Lindoso, conhecida como Torres.

Mais duas intervenções viárias estão em andamento e serão entregues nos próximos meses. Com o objetivo de proporcionar a melhor fluidez no trânsito em uma das áreas de maior congestionamento em horários de pico do trânsito, o complexo viário “Rei Pelé”, na rotatória do Produtor, zona Leste, ultrapassa os 40% de execução da obra realizada em parceria com o governo do Amazonas. Em outra intervenção, que vai interligar as avenidas Ephigênio Salles e Governador José Lindoso, já foi iniciada a perfuração das estacas de sustentação do novo viaduto.

Congestionamento liberado

Além dos complexos viários, a prefeitura também entregou, em parceria com o governo do Amazonas, uma passarela em frente ao Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), na avenida Ephigênio Salles, retirando o semáforo no local e criando uma nova faixa de 1,2 quilômetro, melhorando a fluidez em um dos pontos de maior congestionamento na cidade.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *