Da homenagem a Manaus a reverência mística, escolas de samba prontas para o desfile

A escola de samba Primos da Ilha abre o desfile das escolas de samba do grupo especial a partir das 20 horas desse sábado no Sambódromo

Aparecida diz que está pronta para o título

Municípios de Autazes e Iranduba serão homenageados

Desfile vai começar às 20 horas

A escola de samba Primos da Ilha abre o desfile das escolas de samba do grupo especial a partir das 20 horas desse sábado no Sambódromo. A escola foi fundada em 1990 e possui oito títulos no Grupo de Acesso. Sua quadra fica no bairro de São Francisco e esse ano leva para o Sambódromo o tema “A promessa – da Capadócia aos Tambores africanos, Salve Jorge!
Logo em seguida será a vez da Unidos do Alvorada, fundada em 1995,que vai cantar a liberdade contra o preconceito,vindo depois a Andanças de Ciganos, fundada em 1976, no bairro da Cachoeirinha, que desenvolveu um tema de homenagem ao município de Autazes. Em seguida será a vez da Grande Família, com o enredo “350 anos do Orgulho de ser Manauara”.
A Reino Unido, será a quinta escola penta campeã do carnaval, entrará na avenida em busca do hexa com o enredo Turismo. Em seguida será a vez da Grande Família, com o enredo “350 anos do Orgulho de ser Manauara”.
A Escola de Samba de Aparecida, uma das favoritas ao título será a sexta escola a desfilar com o enredo “Rituais”. A escola tem 22 títulos. Depois será a vez da Vitória Régia com o tema “Wherner Botelho é coisa nossa…o abuso é verde e rosa”, homenagem ao estilista e artista plástico Whernher Botelho,falecido ano passado.
O encerramento do desfile será feito pela escola Mocidade Independente do Coroado, com o enredo “Do barro ao petróleo verde, a Mocidade vem coroar o sonho maturo, Iranduba a cidade do Futuro.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *