fbpx

O corre-corre de Eduardo Braga para tentar reduzir a rejeição

Família do evangélico Silas Câmara declara patrimônio de R$ 13 milhões e tenta eleger quatro do clã

Estratégia de campanha é segurar Amazonino em casa

Ricardo Nicolau coloca o bloco na rua e vai pro corpo a corpo

Tribunal Regional Eleitoral já aprovou mais de 500 candidaturas no Amazonas

Enfermagem do Brasil está em compasso de espera

Vacinação contra a Covid-19 será feita em 11 Unidades Básicas de Saúde neste sábado

Amazonas tem alto percentual de crianças registradas sem o nome do pai

Uma semana de queimada na Amazônia supera todo o mês de setembro de 2021

A corrida de Braga

O senador e candidato ao governo do Amazonas Eduardo Braga (MDB) tem suado a camisa no verão amazônico nas caminhadas e reuniões em Manaus. Objetivo: tentar reduzir a rejeição a seu nome, que todas as pesquisas atestam junto ao eleitorado da capital. Neste final de semana (10 e 11) Eduardo dará um tempo nessa missão e vai estar em municípios do interior, onde tem melhor desempenho.

O clã dos Câmara

Além do deputado Silas Câmara (Republicanos) que tentará se reeleger a deputado federal nas eleições 2022, o clã da família tenta viabilizar a reeleição da esposa Antônia a deputada federal pelo Acre, enquanto o irmão Dan Câmara disputa vaga para a Assembleia Legislativa do Amazonas e a filha Milena (PP) corre para entrar na Câmara Legislativa do Distrito Federal. Juntos, eles declararam mais de R$ 13 milhões em bens à Justiça Eleitoral.

Estrategistas querem Amazonino com mais gás

O comando de campanha de Amazonino avalia que ele caminha com segurança para estar no segundo turno e neste cenário, querem que Amazonino se dedique a gravações de programas eleitorais e mensagens para as redes sociais, deixando a presença em rua para o segundo turno.

Nicolau no corpo a corpo

O candidato ao governo Ricardo Nicolau (Solidariedade/PSB) esteve na sexta-feira (9) na  Moto Honda da Amazônia, onde distribuiu apertos de mão, conversou com trabalhadores e disse que a empresa é um exemplo a ser seguido. Na próxima semana, Nicolau vai aumentar o corpo a corpo com os eleitores, tanto em espaços específicos quanto em bairros.

Mais de 500 aprovados

Até ontem (9), o Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) já havia aprovado  523 solicitações de candidaturas para as eleições deste ano. Ainda restam na fila mais 70 pedidos, que devem ser concluídos já na próxima semana, embora não exista um prazo limite para essas avaliações da Justiça Eleitoral.

Piso da enfermagem

Começou nesta sexta-feira (9) o julgamento do piso salarial da Enfermagem, no Supremo Tribunal Federal (STF). O relator do processo, o ministro Luís Barroso, confirmou seu voto suspendendo o piso e foi seguido pelo ministro Ricardo Lewandowski. Ainda faltam os votos de nove ministros sobre o assunto. A previsão é que a votação seja encerrada na próxima sexta-feira, dia 16.

Vacinação neste sábado

A Prefeitura de Manaus irá disponibilizar a vacina contra a Covid-19 em 11 pontos da cidade neste sábado (10), todos eles em Unidades Básicas de Saúde (UBSs), das 8h às 12h. A vacina está disponível para todos os públicos, a partir de 3 anos de idade.

Febre amarela

Falando em vacina, as autoridades de saúde estão preocupadas com a falta de vacinação contra a febre amarela, entre as crianças do Amazonas. Essa vacina é considerada “prioritária” entre os bebês, porque pode causar graves sequelas e até matar. Mas os pais não estão atendendo o chamado para imunizar seus filhos.

Crianças sem pais

Levantamento da Associação Nacional de Notários, aponta que o Amazonas está entre os Estados com o maior número de crianças que foram registradas sem o nome do pai. Em todo o país, 100 mil crianças foram registradas apenas com o nome da mãe, de janeiro a julho deste ano. No Amazonas, foram 4.816 bebês sem pai, o equivalente a 11,2% de todos os 42.795 nascimentos registrados no período. No Brasil, a média é de 6%.

Uma semana de queimadas

Em apenas sete dias de setembro deste ano, o número de queimadas na Amazônia já superou a quantidade de focos de incêndio de todo o mês de setembro de 2021. A informação é do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), que aponta que em apenas uma semana foram registrados 18.374 focos de incêndio e, em 2021, foram 16.742 focos no mês inteiro – um aumento de quase 10%.

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.