fbpx

Coreógrafo realiza oficina gratuita de frevo na Casa Mamãe Margarida

O bailarino Bruno Sousa vai ensinar os passos básicos do ritmo pernambucano

Curso promove cidadania no contato com culturas de outros Estados

O coreógrafo e bailarino Bruno Sousa, da Instituição Cultural Arte Sem Fronteiras, irá realizar nos dias 1° e 2 de dezembro uma oficina gratuita de frevo na Casa Mamãe Margarida, localizada na rua Penetração II, bairro São José Operário, zona Leste de Manaus.
A oficina, intitulada “Entre a Ponta e o Calcanhar”, é um projeto idealizado pelo artista aprovado pela Manauscult no Prêmio Zezinho Corrêa 2021, por meio da Lei Aldir Blanc, e tem apoio da JS Produções.

Cultura popular

Segundo o artista, a oficina visa promover a cidadania e o contato com os mais variados estilos da cultura popular brasileira, destacando-se o frevo, estilo de dança com origem em Pernambuco, com influências do maxixe, dobrado e polca.

Oficina de “passinhos”

“No primeiro dia será dada toda instrução técnica básica dos passinhos. Já no segundo dia, as etapas mais avançadas e recapitulações. Para complementar a oficina, as próprias participantes farão pequenas células coreográficas para mostrarem o aproveitamento adquirido nos dois dias de oficina. Os ensaios serão filmados e divulgados nas redes sociais como forma de expansão da cultura popular e fortalecimento de todo o trabalho feito com as participantes”, explicou o artista.
O coreógrafo e bailarino Bruno Sousa conquistou o segundo lugar na categoria “Danças Populares — Duo Sênior”, no Festival de Dança de Joinville (SC).
A oficina é aberta ao público e direcionada aos servidores da Casa Mamãe Margarida Mais informações pelo telefone (92) 98835-0633.

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.